Fato Real
Você Repórter

Setor de Tecnologia e Inovação gerou mais de 30 mil empregos em Minas Gerais durante 2020

Fonte: Unsplash

O estado de Minas Gerais está se transformando na maior referência brasileira quando o assunto é Tecnologia e Inovação. Com investimentos cada vez mais altos, o setor encerrou o ano passado com números positivos e otimistas para o futuro. Além do faturamento anual ter ultrapassado a barreira dos bilhões, as empresas mineiras de tecnologia foram responsáveis por encerrar o ano com cerca de 33 mil vagas de empregos criadas.

Nos últimos anos, a região do Vale da Eletrônica, em Santa Rita do Sapucaí, e de São Pedro Valley, em Belo Horizonte, conseguiram se destacar pelo forte investimento na área de inovação tecnológica. O nome desses dois polos, por exemplo, é uma referência ao Vale do Silício, que fica nos Estados Unidos, e é a casa das maiores empresas de tecnologia do mundo, como a Google e a Uber.

As empresas que se encontram nessas duas regiões, majoritariamente da área de Saúde e de Finanças, são responsáveis por fazer de Minas Gerais uma referência no investimento em startups. Segundo dados do Senai Minas, o estado encerrou o ano de 2020 com mais de 5 mil empresas na área de Tecnologia e Inovação. Além disso, elas conseguiram trazer um faturamento recorde de R$ 2,3 bilhões para a região, e com uma expectativa de ainda mais crescimento no futuro.

O impacto desses investimentos acaba por atingir diferentes cidades, inclusive Lafaiete. Em julho do ano passado, a empresa Vero anunciou um plano de investimento em serviços de tecnologia na região. A ideia é usar essas inovações para melhorar a qualidade dos serviços e dos produtos oferecidos na cidade. Isso mostra que as ações em Santa Rita do Sapucaí e em Belo Horizonte também causam impactos positivos em outras localidades.

Tecnologia mais presente

Fonte: Unsplash

Alguns dados divulgados pela 31ª Pesquisa Anual do Uso de Tecnologia da Informação (TI) no Brasil mostram que o setor está crescendo de forma rápida, e em todo o país. Os números mostram que, atualmente, existem mais de 400 milhões de dispositivos digitais em uso, sejam smartphones, notebooks ou computadores de mesa. Uma boa parte desses dispositivos são de celulares modernos, que estão ficando cada vez mais populares.

Isso faz com que as empresas comecem a dar mais atenção para as novas tecnologias, independente da área que atuam. Os dados mostram que, em 2020, cerca de 8% do faturamento das companhias foi destinado para investir no setor de TI. Ou seja, o gasto com inovações, seguranças e até mesmo mídia digital está se expandindo e, daqui a algum tempo, deve virar prioridade.

Isso é facilmente explicado pelo maior uso da tecnologia por diferentes motivos. Em abril do ano passado, por exemplo, Minas Gerais realizou o primeiro casamento civil por videoconferência. O casal se conheceu pela internet, via rede social, e decidiu aproveitar essa história para também casar em um ambiente de inovação. A ideia mostra que essas ferramentas estão causando impactos em diferentes formas, seja na vida pessoal ou profissional.

Entretenimento digital

Fonte: Unsplash

Um setor que merece destaque, principalmente pelo forte crescimento no país, é a área de entretenimento digital. As plataformas de streaming online, por exemplo, se destacaram pela variedade do conteúdo disponível, seja com os catálogos de filmes e músicas disponíveis, ou então as transmissões ao vivo de shows e de vídeos produzidos pela internet com diferentes temas. O sucesso também chegou nos cassinos online, principalmente em jogos como a roleta online, que estão cada vez mais interativos e temáticos, justamente para oferecer uma experiência real e idêntica a de um cassino físico. Essa ideia de simular a realidade também é muito usada nos videogames de última geração, que estão apostando com força na tecnologia de Realidade Virtual (RV) nos jogos mais recentes.

Contudo, o que merece maior destaque ainda é o crescimento dos eSports no Brasil. As competições oficiais de jogos eletrônicos já são uma tendência mundial, com o mercado global gerando mais de US$ 1,1 bilhão em 2020, e agora ganham espaço por aqui. Atualmente, o país é o terceiro maior mercado do mundo, principalmente em audiência, perdendo apenas para a China e para os Estados Unidos, que possuem populações maiores e economias mais robustas.

As novas tecnologias estão transformando diferentes setores, e investir nessas inovações é acompanhar o crescimento trazendo oportunidades. O estado de Minas Gerais tem feito isso com maestria e as vagas de empregos criadas, além dos faturamentos anunciados, mostram o resultado positivo. Seja em Belo Horizonte, ou então em Lafaiete, é importante dar atenção a este setor, pois ele é quem vai ditar o ritmo da economia brasileira e mundial nos próximos anos.

 

Se você quer ver sua reclamação, foto, denúncia ou elogio no Fato Real; se quer enviar uma pauta ou sugestão de reportagem, envie seu email para [email protected]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!