Fato Real
Gerais Você Repórter

Nota de Falecimento

Quem ler esse título pode se assustar, mas vindo de uma ONG de animais já vai imaginando do que se trata ou pode até mesmo achar um exagero.

Iniciamos esse texto para contar uma das histórias mais lindas de um dos cães de rua de Congonhas de maior popularidade até hoje, pela sua simpatia, seu carisma, sua saúde, sua disposição, seu comportamento diante outros cães.

Ninguém sabe de onde “Eles” vêm, seu histórico, sua vida, como começou, mas “Eles” aparecem do nada, vão chegando nos centros urbanos em busca de comida e água, revirando lixos para encontrar um resto de alimento doméstico.

Assim foi com o Tadeu/Todinho. Apareceu no centro de Congonhas já se faz uns 5 a 10 anos salvo engano, foi ganhando espaço, afagos e marcando territórios. “Ele” mesmo definia seu trajeto, super longos por sinal, andava sempre solitário. Sabemos que “Ele” saía da região central, passava em locais estratégicos como açougues, lanchonetes, padarias, estabelecimentos comerciais,  onde sempre encontrava um pedacinho de alguma coisa saborosa (carne).

E assim fazia seu percurso, na delegacia, na rodoviária (um de seus dormitórios), na grama verdinha, mesmo em noites geladas de inverno. Adorava a basílica aos domingos, subia pelo asfalto, pois durante o dia não tinha nada aqui no centro (comida). A praça Bandeirantes também era um de seus locais no domingo (churrasco), tinha vários pontos onde “Ele” marcava o horário e sempre dava uma passadinha na da Rua da Saudade, onde “Ele” apontava na esquina 6h da manhã e já dava aquela rosnada com cara feia e mostrando os dentes. Os cães que ali já se encontravam comendo iam se afastando de leve da vasilha de ração; era seu primeiro lanchinho. Nunca vi igual como “Ele” impunha respeito. Mesmo já com a idade avançada os outros temiam o Tadeu, era um velho ranzinza.

Esteve até no canil da ONG APARC. Apareceu com um buraco nas costas, era início de bicheira, foi tratado pelos voluntários da entidade, ficou lá um bom tempo, mas chorava o tempo todo encostado no portão quando estávamos lá, mas não era de dor e sim porque queria sair, ir para as ruas, pois era disso que “Ele” gostava. Esse tipo de cachorro não fica preso, adoece e morre de paixão. “Eles” são boêmios, andam um certo horário pela manhã, dormem no final da manhã e a tarde toda, saem a noite e vão pela madrugada a fora atrás de alimento.

Bom, falar deles é fácil e rende muito assunto, todos “Eles”. Mas tem cachorro que deixa um legado de tanta atividade em toda sua existência. Estamos terminando esse texto para homenagear o Tadeu/Todinho, seus principais nome. Todinho  apresentou uma ferida no pênis onde fomos acionados, levado para o nosso canil “João XXIII” e, após exames realizados pela Drª Isabella, veterinária excelente que nos atende in loco (muito obrigado pela parceria doutora) foi constatado um tumor e iniciamos medicação.  O Tadeu foi até levado pelo nosso presidente Lucas para sua casa, tomou banho e tudo mais, vestiu-se até de Papai Noel, tirou bons cochilos e roncou alto dentro de casa, mas mesmo assim foram dias de total sincronismo e respeito entre ambos. Obrigado por acolhê-lo presidente.


Até que houve uma piora, parou de se alimentar e foi internado na clínica veterinária Pró Bichos em Conselheiro Lafaiete, outra parceira nossa que nos ajuda demais, (muito obrigado patrocínio). Então começou a corrida para salvá-lo. Fez transfusão de sangue, a anemia era gravíssima, não aguentou a insuficiência renal, até que na manhã de quinta-feira, dia 14/01/2021, aproximadamente as 8:30 “Ele” veio a óbito.

Tadeu/Todinho, tinha de 13 a 15 anos de idade, viveu intensamente como o verdadeiro cão de rua, ia caminhando no Alto Maranhão na festa de Nossa Senhora D’Ajuda e voltava. Vida louca né Tadeu? Fica com Deus e São Francisco de Assis. Tentamos de tudo, mas a sua hora chegou, encerramos por aqui, não conseguimos falar mais de você…

ONG Aparc

Se você quer ver sua reclamação, foto, denúncia ou elogio no Fato Real; se quer enviar uma pauta ou sugestão de reportagem, envie seu email para [email protected]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!