Fato Real
Polícia Regional

Polícia Civil recebe homenagem de familiares de vítima de “Copasa” em Jeceaba

O alívio de ter a paz de volta e o senso de justiça  foram tantos que uma família prestou homenagem à Polícia Civil pela prisão de um homem em Jeceaba.

Policiais foram recebidos com lanche especial e mensagens de agradecimento
Policiais foram recebidos com lanche especial e mensagens de agradecimento

Na última quinta-feira 04/09 a Polícia Civil de Minas recebeu uma emocionante homenagem pela ação policial realizada na madrugada do dia 28 de agosto. A investigação resultou na prisão do indivíduo suspeito de matar o ex-sogro e vitimar a ex-companheira e a ex-sogra. Quase um ano após cometer um dos crimes mais violentos da região, José Amilton Dias Mendes, conhecido como “Copasa” foi preso.

 

A família das vítimas não escondeu o alívio e a gratidão diante da equipe, “Gostaríamos de agradecer e ressaltar o valor dos policiais em cumprir a ordem, o dever e justiça, pois graças a esses competentes e dedicados profissionais esse homem vai ser julgado pelo crime cometido há quase um ano. Dessa forma, a dor da família em perder de forma tão cruel seus entes queridos será amenizada através da justiça. E tudo isso graças ao desempenho e dever cumprido da Polícia Civil de Jeceaba”, manifestou. No dia da prisão, a população também agradeceu a ação policial por meio de palmas no momento em que as viaturas passaram pelas ruas da cidade.

Policiais e familiares de vitimas de 'Copasa"
Policiais e familiares de vitimas de ‘Copasa”

Os policiais civis, lisonjeados e muito gratos pelo reconhecimento, contaram que a equipe sentiu-se acolhida, sensibilizada e muito grata por esse reconhecimento. “Hoje vivemos uma manhã inesquecível em Jeceaba. Poder fazer parte disso nos toca o coração e nos torna profissionais melhores. Nosso ânimo se renova e cresce nosso orgulho por integrarmos a Polícia Civil de Minas Gerais”, destacaram os policiais.

“Essa é uma das coisas que o dinheiro não compra, estamos diuturnamente empenhados em buscar o bem-estar da sociedade. Nossa missão como policiais é servir à vida e muitas vezes é um trabalho árduo, abnegado, com poucos recursos humanos e materiais e imensos desafios. Poder proporcionar resposta a uma família que tanto sofreu depois de um crime tão atroz é extremamente gratificante”, ressaltou e delegado responsável pelo caso, Lurizan Costa Viana.

Leia também:  Preso homem que matou ex-sogro e tentou matar a ex-mulher e a ex-sogra.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!