Fato Real
Regional

Com casos confirmados de covid-19, asilo de Rio Espera precisa de ajuda para cuidar dos idosos

Local precisa de doações/Foto/Arquivo

Desde o dia 06 de julho, quando teve o primeiro caso confirmado, a casa de repouso Heitor Horácio Dornelas, localizada em Rio Espera, contabiliza seis idosos e uma cuidadora em observação após contraírem o novo coronavírus.

Covid-19

Dos idosos infectados, cinco não manifestaram os sintomas da covid-19 e estão numa ala isolada e recebendo atendimento especial para cumprimento da quarentena. Apenas um ficou em tratamento no hospital de campanha de Conselheiro Lafaiete, mas já recebeu alta e retornou a Rio Espera.

As informações foram confirmadas ao Fato Real pelo atual presidente do asilo, José Euzébio de Oliveira. Ele assumiu a instituição em 13 de março último, em razão de intervenção judicial decretada não em razão da pandemia, mas de uma série de irregularidades cometidas pela gestão anterior.

José Euzébio detalhou medidas que a casa de repouso vem adotando, com o apoio da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Rio Espera, para evitar novas contaminações: “Estamos voltando à normalidade dentro do possível, cercados de todos os cuidados que precisamos ter com as pessoas que aqui residem. Todos os que se contaminaram mesmo os assintomáticos, estão em isolamento e monitorados pela Saúde do Município e os técnicos de enfermagem da própria casa. A Prefeitura ainda designou um profissional que fica o tempo todo com a gente. Os internos têm a temperatura e a pressão arterial medidas constantemente e ninguém mais manifestou os sintomas da covid”.

Ajuda

Para cumprir as determinações das autoridades de saúde e da Vigilância Sanitária e continuar acolhendo os idosos, a casa de repouso Horácio Dornelas está seguindo medidas rigorosas de higiene. De acordo com o presidente José Euzébio de Oliveira, somente para  limpeza do ambiente estão sendo consumidos 10 litros de água sanitária por dia e, para atender às necessidades dos idosos, os cuidadores precisam usar luvas e equipamentos de proteção individual. Por essa razão, o asilo está precisando urgentemente de itens de primeira necessidade, conforme explicou o gestor: “Felizmente, conseguimos arrecadar um estoque suficiente de alimentos e, destes, não estamos em falta. Mas precisamos repor constantemente material descartável, como luvas e máscaras, além de água sanitária (que precisamos utilizar com abundância) e jalecos cirúrgicos. Também serão muito bem-vindos sabão em pó, detergente, álcool em gel, sabonete líquido, material de higiene e limpeza em geral”.

Mesmo administrando uma dívida calculada em 143 mil reais, o asilo de Rio Espera abriga atualmente 40 idosos, dos quais cinco cumprem quarentena por terem sido infectados pelo novo coronavírus. Segundo o presidente José Euzébio de Oliveira, as doações de equipamentos de proteção individual e produtos de higiene e limpeza  são fundamentais neste momento.

Quem puder doar, pode entregar os itens na casa de repouso Heitor Horácio Dornelas, localizada à rua Duque De Caxias, 151, bairro Asilo, em Rio Espera. O telefone para mais informações é o (31) 37531481.
Em breve será montado um posto de recolhimento de doações em Lafaiete e divulgaremos.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!