Fato Real
Lafaiete Política

Suspeita de Covid leva Câmara de Lafaiete a suspender atendimento presencial

Damires Rinarlly presidiu a sessão ontem
Damires Rinarlly presidiu a sessão ontem

Conforme o Fato Real havia antecipado no começo desta tarde,  Portaria divulgada altera mais uma vez a rotina na Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete.

Assinada pelo Presidente João Paulo Fernandes Resende, o documento suspende pelo prazo de 15 (quinze) dias o atendimento presencial ao público, ficando garantido o atendimento virtual por todos os meios disponíveis.

A Portaria estabelece pelo mesmo prazo o teletrabalho (trabalho remoto, home office) para os servidores pertencentes ao grupo de risco , para os lotados nos gabinetes dos vereadores e estagiários, com vistas à diminuição de pessoal presente nos setores da Câmara Municipal, a fim de garantir mais distanciamento de segurança entre os postos de trabalho.

Suspeita de Covid-19

João Paulo participou remotamente
João Paulo participou remotamente da sessão

Nesta terça-feira (26/01) foram percebidas restrições diferenciadas no plenário, com o acesso ainda mais limitado.

Segundo informações apuradas pelo Fato Real, pelo menos dois vereadores teriam apresentados sintomas compatíveis com a Covid-19. Ontem o Presidente da Câmara, João Paulo Pé Quente participou da sessão por videoconferência. Nesta tarde há informações de que após sentirem sintomas compatíveis com a doença, dois vereadores  aguardam resultados de exames feitos. E por medida preventiva, associada ao cenário atual da pandemia na cidade com aumentos de casos e óbitos,   as mudanças teriam sido tomadas.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!