Fato Real
Destaque Política

Reunião entre funcionários da Viação Presidente e prefeito termina sem acordo

Uma reunião entre três funcionários da Viação Presidente, um representante da administração da empresa e o prefeito Mário Marcus terminou por volta das 11h da manhã desta quarta-feira 24/03. O objetivo foi a busca de uma solução para a crise na empresa, que levou a suspensão do serviço pelos trabalhadores que reivindicam pagamentos de salários e benefícios atrasados.

Ontem e até as 11h20 da manhã de hoje nenhum ônibus circulou para o transporte de passageiros na cidade. Não há previsão para o retorno da prestação do serviço considerado essencial.

No encontro, os funcionários pediram um aporte financeiros do município à empresa para que a concessionária pudesse quitar com os seus vencimentos.

No entanto, não houve acordo com o chefe do Executivo. Segundo os funcionários, Mário Marcus comunicou que a prefeitura não tem condições financeiras nem amparo legal para fazer um aporte financeiro nesse sentido.

Uma reunião entre o prefeito e Ministério Público deve acontecer ainda hoje tendo na pauta a crise no transporte coletivo em Lafaiete.

Funcionários se reuniram membro da administração e prefeito na tentativa de um acordo
Funcionários se reuniram membro da administração e prefeito na tentativa de um acordo

Sindicato

Antônio Braga, advogado do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Conselheiro Lafaiete (SINTTROCOL) manifestou nesta manhã que o sindicato apoia os trabalhadores. No entanto, devido ao fato de Lafaiete estar na Onda Roxa do programa Minas Consciente, não foi possível fazer uma assembleia para cumprir todas as formalidades exigidas de uma greve de serviços essenciais.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!