Fato Real
Política

Juiz alerta para a circulação de informações falsas sobre as eleições municipais

A disseminação de notícias falsas é uma das grandes preocupações da Justiça Eleitoral. É na reta final da campanha que aumenta a circulação das chamadas Fake News e as redes sociais são invadidas por edições de imagens, memes, áudios, vídeos e textos criados propositalmente para caluniar concorrentes e prejudicar candidaturas. Outro recurso escuso é a divulgação de resultados de pesquisas falsas ou que não foram registradas respeitando as exigências previstas em lei.

Juiz eleitoral Paulo Roberto da Silva
Juiz eleitoral Paulo Roberto da Silva

A recomendação de que as pessoas tomem cuidado com as chamadas Fake News foi reforçada pelo juiz da 87ª Zona Eleitoral, Paulo Roberto da Silva. Em entrevista à Rádio Carijós, ele disse que os membros da Justiça Eleitoral participaram de diversos cursos e foram munidos de todas as ferramentas necessárias para coibir a ação dos multiplicadores de notícias inverídicas. Ao mesmo tempo, o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais montou uma central de apoio para auxiliar os juízes eleitorais no combate às mentiras veiculadas na internet. Contudo, Paulo Roberto frisou que cabe ao internauta ser mais criterioso e questionar a veracidade das informações que recebe, checando sempre a idoneidade e credibilidade do site, canal ou veículo de imprensa que o veiculou.

O titular da 87ª Zona Eleitoral explicou, ainda, que existem limites à liberdade de expressão e à propaganda eleitoral. Para fazer campanha na internet, o candidato tem de estar atento às regras determinadas pela “Lei Geral das Eleições”. Todos podem se manifestar livremente; mas a difusão de mensagens e informações falsas, além de configurar ilícito eleitoral, é crime e pode acarretar graves consequências para quem o comete. Além disso, a Justiça Eleitoral dispõe de meios para suspender a veiculação de notícias falsas e bloquear a propaganda de quem cometer irregularidades. O juiz Paulo Roberto da Silva acrescentou que, se candidatos e partidários sempre agirem pautados por princípios éticos, estarão contribuindo para a lisura do processo eleitoral e construindo uma sociedade cada vez melhor.

Para saber mais sobre o assunto clique aqui. 

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!