Fato Real
Política

Glaycon Franco deixa seu gabinete à disposição dos artesãos

O setor da economia criativa, sobretudo o do artesanato, é muito importante para a economia mineira, principalmente nas regiões do Território de Desenvolvimento das Vertentes, merecendo a atenção do deputado Glaycon Franco (PV).

Em 2018 artesãos de Lafaiete começaram a receber as carteiras/Arquivo
Em 2018 artesãos de Lafaiete começaram a receber as carteiras/Arquivo

Para que o artesão seja reconhecido e seu trabalho mais valorizado, é importante que ele obtenha a Carteira Nacional do Artesão, documento que o identifica como um legítimo produtor de artesanato. A emissão do documento foi regulamentada em 2018, por meio de portaria  da Secretaria Especial de Micro e Pequenas Empresas do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Muitas pessoas sobrevivem da produção de artesanato e, como a diversidade cultural de Minas Gerais é muito rica, o estado é responsável pela produção valorizada no país e no exterior. “Nossos artesãos são responsáveis por uma grande movimentação econômica. Muitos deles sobrevivem e sustentam famílias com seu trabalho. É um trabalho, também, culturalmente importante, fortalecendo nossas raízes. Sempre tive especial atenção pelos artesãos e vou continuar fazendo esforços para facilitar o seu trabalho”, afirmou Glaycon.

A emissão da Carteira Nacional do Artesão estava suspensa até o dia 18 de janeiro e deve ser retomada em breve. O deputado Glaycon Franco comunica que os artesãos que se interessarem pela obtenção da carteira podem entrar em contato com seu gabinete na ALMG, que serão informados sobre o processo necessário para a certificação.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!