Fato Real
Política

Candidatos usam programa eleitoral para homenagear Dia do Professor

Seis candidatos à Prefeitura de Conselheiro Lafaiete fizeram uso do horário eleitoral gratuito do rádio na manhã desta quinta-feira (15/10). A comemoração pelo Dia do Professor, celebrada hoje, foi tema de pronunciamentos de três deles.

Elisa Lopes
Elisa Lopes

Candidata a vice na chapa liderada por Aloísio Rezende (PATRIOTA), a professora Elisa Lopes (PATRIOTA) ocupou o espaço da propaganda eleitoral nesta quinta-feira. Elisa deixou um abraço àqueles que (segundo suas palavras), como ela, se dedicam a muito mais do que ensinar, preparando as crianças e os jovens lafaietenses para a realidade da vida. A candidata prometeu, se for eleita juntamente com Aloísio Rezende, oferecer condições para que o corpo docente da rede municipal proporcione aos alunos um ensino de qualidade cada vez melhor, estabelecendo o diálogo constante para ouvir pais e professores sobre as reais necessidades de uma educação eficiente.

Atual prefeito e candidato à reeleição, Mário Marcus (DEM) destacou avanços no setor de educação e os bons resultados do IDEB (Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico) em sua gestão. O candidato citou avaliação do MEC que coloca Lafaiete em segundo lugar em todos os níveis do quesito qualidade de educação, nos ensinos fundamental e médio, entre as cidades com população de 100 mil a 300 mil habitantes. Mário Marcus atribuiu o bom resultado ao trabalho e à dedicação dos professores e demais profissionais da comunidade escolar, numa ampla parceria.

Toninho do PT
Toninho do PT

Vice da chapa encabeçada por Álvaro , Antônio Severino (PT), que foi secretário de Educação e é conhecido militante em favor da classe, também ocupou o horário eleitoral para reverenciar o 15 de Outubro. Se apresentando como professor aposentado, ele se dirigiu aos profissionais que garantem o desenvolvimento da educação e do conhecimento no Brasil. Toninho lembrou que, desde a educação infantil ao ensino superior, independentemente da formação obtida, todo profissional passa pela mão do professor, responsável pela transmissão do conhecimento e destacou o piso nacional d categoria instituído durante o Governo Lula.  Na eventualidade da eleição da chapa petista, o professor Antônio Severino prometeu revisar o plano de cargos e salários da rede municipal de ensino.

Outros temas

Os outros três candidatos que participaram do horário eleitoral gratuito no rádio esta manhã não fizeram menção ao Dia do Professor. Neuza Mapa (PDT) fez críticas à atual infraestrutura da cidade. Segundo ela, os prefeitos se sucedem na administração municipal e as reclamações da população continuam as mesmas, principalmente em relação ao saneamento básico, em razão da falta de ligação dos domicílios às redes de água, luz e esgotamento sanitário. A candidata reforçou a esperança do povo em dias melhores.

Por fim, a chapa liderada por Divino Pereira (PSD) ocupou pela primeira vez o espaço que lhe cabe na propaganda eleitoral. Só que o candidato não se dirigiu aos eleitores e o programa se limitou à exibição do jingle da campanha e ao reforço da promessa, em caso de vitória nas urnas, de implantar em Lafaiete o programa municipal de renda mínima que concederá R$300,00 mensais a quem estiver desempregado e enfrentando dificuldades financeiras decorrentes da pandemia de COVID-19. Até agora, porém, não foi explicado de onde poderá sair o dinheiro nem como será pago o auxílio, que, segundo a campanha, terá validade de 18 meses.

Cleber da Caixa
Cleber da Caixa

Cleber da Caixa destacou, em seu programa eleitoral, o que considera ser alguns espaços subutilizados em Lafaiete. Como exemplos, mencionou o ginásio poliesportivo e o prédio inacabado do hospital regional. Ele também citou setores que refuta como mal aproveitados, como o de turismo. O candidato se comprometeu a divulgar, ao longo dos próximos programas, tópicos contemplados em seu plano de governo para modificar este cenário.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!