Fato Real
Política

Candidato apresenta propostas e prega retomada de modelo petista para administrar Lafaiete

Alvaro foi o entrevistado de hoje na série sobre as eleições municipais
Alvaro foi o entrevistado de hoje na série sobre as eleições municipais

Presidindo, pelo segundo mandato consecutivo, o diretório municipal da legenda, Alvaro, candidato do PT à Prefeitura de Conselheiro Lafaiete, foca a campanha no resgate da imagem positiva do partido e na retomada de iniciativas, implementadas com sucesso no tempo em que a cidade esteve sob administração petista, mas que acabaram descontinuadas por gestões posteriores. Esta foi a tônica da entrevista concedida na manhã desta terça-feira (10/11) dentro da série de conversas ao vivo com os concorrentes à chefia do Executivo Municipal apresentada pelas emissoras de rádio da Organização Agostinho Campos Neto em parceria com o Site de Notícias Fato Real.

Alvaro afirmou que o Partido dos Trabalhadores se adequou às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, mas opinou que este é mesmo o momento de ocorrer a eleição, incentivando o e leitor a votar no próximo domingo, obedecendo todas as normas que proporcionam a segurança neste importante momento de exercer a democracia.

PT

Alvaro negou que episódios polêmicos, como a prisão do ex-presidente Lula, tenham colocado o partido em crise e possam afetar a campanha: “Entendemos que não foi o PT que entrou em crise. A crise é do sistema político em geral e foi provocada para tirar o PT do governo. Grande parte das políticas públicas que defendem o povo e ainda existem foram conquistas dos governos petistas. O ex-presidente Lula continua sendo o maior líder popular vivo da história do Brasil e, mesmo preso, se tivesse participado da eleição, seria presidente novamente e nossa situação seria muito diferente. O que queremos é resgatar este legado de políticas públicas por que a sociedade precisa delas”.

Ao abordar temas diretamente relacionados ao dia a dia da cidade, Alvaro Fernando tomou por base a experiência petista na gestão municipal.

Transporte – Trânsito – Mobilidade Urbana

Reconhecendo a superação das deficiências do transporte coletivo como uma das maiores demandas da população, o candidato afirmou que a revisão do contrato de concessão do serviço à Viação Presidente, previsto para o próximo ano, é o momento ideal para se fazer a reformulação do setor com a participação efetiva da comunidade. Alvaro defendeu a readequação dos itinerários para agilizar as viagens e a manutenção eficiente das vias percorridas pelos ônibus. O petista também explicou o conceito da passagem integrada, uma das propostas do seu programa de governo, que permitirá ao usuário pagar tarifa única e embarcar em duas conduções para concluir rotas mais distantes. O candidato considera que, mais até que o longo tempo de exploração do transporte público, o que preocupa é a falta de fiscalização do serviço prestado pela concessionária, atribuição que compete à Prefeitura Municipal. Disse ainda que, se eleito, irá incentivar o transporte alternativo e não poluente com a implantação de ciclovias nos trechos da cidade que favorecem a utilização de bicicletas para locomoção.

Para reduzir o risco representado pelo tráfego de caminhões e carretas, o entrevistado afirmou que a alternativa seria o desvio do tráfego de veículos pesados para um contorno a ser construído fora da área urbana. Mas, como a obra é de responsabilidade do governo federal e deve demorar, poderiam ser adotadas intervenções de execução simples como a construção de rotatórias, viadutos e trincheiras nos locais de maior movimento do tráfego.

Educação e Saúde

Candidato vê avanços em administração petista
Candidato vê avanços em administração petista

Tendo como candidato a vice-prefeito Toninho do PT,  ex-secretário municipal de Educação e Esportes, Alvaro afirma que houve avanços na educação em Conselheiro Lafaiete durante a gestão petista e retrocessos nas administrações seguintes, Alvaro Fernando destacou propostas como a reativação do programa “Jovens de Hoje, Sociedade do Amanhã”, que estimula a prática integrada de atividades educativas, culturais, recreativas e esportivas. Comprometeu-se, ainda, com a revisão do plano de cargos e salários dos servidores da educação: “Entendemos ser obrigação da Prefeitura a valorização dos profissionais. Temos hoje monitores de educação inclusiva e auxiliares educacionais que têm piso básico menor do que o salário mínimo. Nosso plano de cargos e salários não é apenas para a educação, pois compreendemos a necessidade, principalmente, daqueles que ganham menos, de ser mais valorizados e melhor qualificados para prestar um atendimento ainda melhor aos cidadãos”.

Alvaro Fernando também recordou os eventos sociais, culturais e esportivos promovidos pelo governo do PT no ginásio poliesportivo e prometeu recuperar o espaço em caso de vitória.

O candidato considera que a prioridade número um em saúde para Lafaiete é contar com médicos nas unidades de atenção básica. Segundo ele, 80% dos atendimentos são ou deveriam ser prestados nos postos de saúde, o que desafogaria os hospitais públicos e a Policlínica Municipal. Ele considera que o investimento correto na gestão em saúde vai acabar com as filas de espera e priorizar os tratamentos preventivos para que diminua a demanda por procedimentos complexos e caros.

Sobre o hospital regional, disse que entrará em entendimento com o governo do estado para sua utilização como hospital universitário. Porém, para a iniciativa dar certo, seria necessária a adesão das instituições locais de ensino superior e a implantação da faculdade de medicina, antiga reivindicação da cidade.

Diversidade

Candidato destaca a diversidade dentro do partido

Ao término da entrevista, o candidato ressaltou a diversidade como principal característica da campanha petista, lembrando que o partido lançou número idêntico de candidatos e candidatas a vagas no Legislativo Municipal, além de levar em conta a representatividade étnica, de gênero e raça na escolha dos concorrentes: “Apresentamos alternativas por entendermos que Lafaiete, assim como o país, precisa mudar. As políticas públicas implementadas pelo PT estão contidas em nosso plano porque as pessoas precisam delas em suas vidas. Sabemos da importância de políticas públicas para a preservação da vida e o desenvolvimento sustentável”, concluiu o candidato.

Próximos

Todos os candidatos foram convidados para o ciclo de entrevistas, no entanto, Divino Pereira (PSD) não compareceu.  Aloísio Resende será o convidado  desta quarta-feira (11) e Cleber da Caixa  na quinta-feira (12).

As entrevistas são ao vivo, a partir das 10h, com transmissão pelas rádios: 89,9 FM, 92,3 FM e 101,3 FM e pelo Instagram do Fato Real – fatorealsite. A reprise ocorre às 15h pela rádio Carijós 92,3 FM e fica disponível no Instagram do Fato Real.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!