Fato Real
Polícia

Grupo de mulheres é suspeito de cometer furtos no comércio do São João

Um grupo de mulheres está percorrendo o comércio do bairro São João, em Conselheiro Lafaiete, para cometer furtos. Os crimes se repetem todos os dias há cerca de um mês, conforme relato feito ao Portal de Notícias Fato Real por Diego Batista, membro da Associação Comercial do bairro. Ele informou que as mulheres agem em grupo e sempre da mesma maneira: enquanto uma fica do lado de fora acompanhando a movimentação externa, outras duas entram na loja se passando por clientes; uma se encarrega de distrair os vendedores e até chega a fazer compras para não chamar atenção, enquanto a comparsa, displicentemente, vai retirando produtos das prateleiras e enchendo sacolas. As ladras ainda tomam o cuidado de nunca voltarem a uma loja onde estiveram anteriormente.

A ação das criminosas foi registrada por câmeras de monitoramento do centro comercial do São João. Diego Batista afirmou que, como os furtos acontecem diariamente há quase um mês, a associação comercial expôs o problema ao prefeito Mário Marcus, que, por sua vez, solicitou ao 31º Batalhão mais segurança para o local. Porém, o reforço do policiamento não durou mais do que um dia e as criminosas adquirem confiança cada vez maior para agir. Os comerciantes do São João pedem providências urgentes para pôr fim a essa onda de furtos.

Reposta da PM

O Fato Real questionou a Polícia Militar sobre o fato e recebeu a resposta que  realiza o patrulhamento preventivo diuturnamente no bairro, desencadeando operações policiais e visitas comunitárias, além do atendimento de demandas e ocorrências vindas da população.  Ainda segundo a PM, somente neste ano de 2020, até a data atual, 30 de setembro, um total de 376 operações foram desencadeadas no São João.

Diante da demanda apresentada, a Polícia Militar informa que irá intensificar o patrulhamento, principalmente na área comercial do bairro e solicita que os responsáveis pelos estabelecimentos que foram vítimas deste grupo de mulheres façam contato com a instituição para que ações pontuais possam ser adotadas visando identificar os (as) autores (as) e consequentemente cessar a ação criminosa.

Confira  a nota na íntegra

A Assessoria de Comunicação Organizacional do 31º BPM recebeu uma reclamação sobre furtos ocorridos no Bairro São João, o fato estaria sendo praticado por um grupo de mulheres que se fazem passar por clientes, distraem os vendedores e furtam mercadorias nos estabelecimentos comerciais do Bairro.
Sobre o fato narrado, a Polícia Militar esclarece que realiza o patrulhamento preventivo diuturnamente no bairro, desencadeando operações policiais e visitas comunitárias, além do atendimento de demandas e ocorrências vindas da população.

Neste ano de 2020, até a data atual, 30 de setembro, um total de 376 operações foram desencadeadas no Bairro São João. Referente aos crimes de furtos, do início do ano de 2020 até o mês de setembro, o bairro apresentou um redução de aproximadamente 36% dos registros, comparando com o mesmo período do ano de 2019.

Diante da demanda apresentada, a Polícia Militar informa que irá intensificar o patrulhamento, principalmente na área comercial do Bairro e solicita que os responsáveis pelos estabelecimentos que foram vítimas deste grupo de mulheres façam contato com a Instituição para que ações pontuais possam ser adotadas visando identificar os (as) autores (as) e consequentemente cessar a ação criminosa.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL 31º BPM

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!