Fato Real
Lafaiete Polícia

Visitas no presídio de Lafaiete serão retomadas neste fim de semana

Visitas aos presos serão retomadas
Visitas aos presos serão retomadas

Portaria emitida pela Secretaria Estadual de Cidadania e Justiça em conjunto com o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública e Seção Minas Gerais da Ordem dos Advogados do Brasil, publicada esta semana no diário oficial do estado, regulamenta a volta das visitas presenciais às unidades prisionais mineiras.

A retomada começa neste final de semana e ocorrerá gradativamente com base nas orientações dos protocolos de prevenção à COVID-19 estabelecidos pelo programa “Minas Consciente”. Será levada em conta a localização dos presídios e a onda em que estiver classificada macrorregião onde as unidades se encontram.

Lafaiete

Emanuel Assunção, diretor da 13ª Região Integrada de Segurança Pública, confirmou que os detentos do presídio de Conselheiro Lafaiete poderão receber os familiares já neste sábado (26/09). O diretor explicou que, enquanto a cidade estiver inserida na onda amarela, o contato entre presos e visitantes será feito no parlatório e não poderá ultrapassar o tempo máximo de 20 minutos. Quando houver a progressão para a onda verde, a confraternização poderá acontecer no pátio, como era antes da pandemia.

O horário de visita no presídio de Lafaiete será de 8h às 10h30 no sábado e domingo. As famílias credenciadas já foram avisadas. Durante a semana se houver procura e interesse, as famílias serão orientadas quanto aos documentos para pré-cadastro.

Prevenção ao coronavírus

Emanuel Assunção recomendou aos parentes que forem ao presídio que levem o próprio material de proteção individual, como máscara e luvas. O álcool em gel estará à disposição na portaria da unidade. O diretor da 13ª Região Integrada de Segurança Pública pediu, ainda, que os familiares entrem em contato com a administração prisional para fazer o agendamento prévio da visita, já que será feito o controle semanal dos acessos enquanto persistirem as restrições impostas pelo novo coronavírus.

Proibição

Mesmo com o retorno das visitas, não será permitida a entrega direta aos presos de alimentos, remédios, roupas e itens de higiene. A proibição vale, tanto para os familiares, quanto para organizações da sociedade civil ou terceiros cadastrados. O objetivo da medida é evitar que se formem aglomerações na porta da unidade prisional em razão da necessidade de se proceder vistoria aos produtos e devido ao risco de contaminação das embalagens. Os itens de primeira necessidade só serão admitidos se enviados através de serviço postal ou se forem doações encaminhadas diretamente ao almoxarifado central da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

 

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!