Fato Real
Destaque Lafaiete

Publicado o decreto que coloca Lafaiete na Onda Roxa

Conforme já estava previsto,foi publicado o decreto do Estado que trata das restrições em Conselheiro Lafaiete, que entra na Onda Roxa do programa Minas Consciente. A cidade já está sem leitos da Unidade de Tratamento Intensivo e observa um grande crescimento no número de infectados e mortos pela Covid-19 nos últimos meses.

Desde a última quarta-feira (10) existia uma expectativa de entrada do município da Onda Roxa, a mais restritiva do programa. Com isso, a cidade deve permanecer apenas com serviços essenciais funcionando por 15 dias, a partir deste sábado (13/03).

A medida adotada pelo Governo do Estado tem o objetivo de conter a evolução da pandemia e restabelecer o mais rapidamente possível a capacidade de assistência médica, diante do quadro grave pela qual passa o Estado neste momento. 

Foi determinado pelo Governo do Estado o prazo de 13 a 27 de março de 2021 a vigência do protocolo da Onda Roxa. 

O que pode funcionar:

Segundo as indicações do Estado, na Onda Roxa só é permitido o funcionamento dos serviços considerados essenciais e a circulação de pessoas fica limitada aos funcionários e usuários desses estabelecimentos.

São considerados serviços essenciais:

  • Setor de alimentos (excluídos bares e restaurantes, que só podem via delivery);
  • Serviços de Saúde (atendimento, indústrias, veterinárias etc.);
  • Bancos;
  • Transporte Público (deslocamento para atividades essenciais);
  • Energia, Gás, Petróleo, Combustíveis e derivados;
  • Manutenção de equipamentos e veículos;
  • Construção civil;
  • Indústrias (apenas da cadeia de Atividades Essenciais);
  • Lavanderias;
  • Serviços de TI, dados, imprensa e comunicação;
  • Serviços de interesse público (água, esgoto, funerário, correios etc.).

Saiba mais

A Prefeitura de Conselheiro Lafaiete, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que  foi determinado pelo Governo do Estado o prazo de 13 a 27 de março de 2021 a vigência do protocolo da Onda Roxa.

A fiscalização realizada pela força tarefa dos Fiscais Sanitários e de Posturas, Polícia Militar, Guardas Municipais e Bombeiros será intensificada.

Diante da situação a administração municipal ressalta a importância de redobrar os cuidados e seguir rigorosamente as orientações do setor de saúde para melhorar os índices e retomar as atividades o mais brevemente possível.

Em função de alterações no protocolo divulgado nesta data, 13/03, está sendo elaborada cartilha explicativa para orientação das atividades e restrições, que será divulgada em breve.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!