Fato Real
Lafaiete

Prefeitura revê decisão e vacinação acontecerá nesta quinta-feira em Lafaiete

Depois da ampla repercussão negativa nas últimas horas sobre a suspensão da vacinação contra a Covid-19 em Lafaiete nesta quinta-feira (01/04), a Secretaria de Saúde fez uma revisão da decisão. A imunização contra a doença causada pelo novo Coronavírus será mantida amanhã, 1º/04.

A Secretaria de Saúde recebeu forte pressão da população, da imprensa local e do poder Legislativo desde que tornou público que a cidade já possui 1220 doses do imunizante para idosos de 69 a 65 anos, no entanto não seriam aplicadas de imediato. A justificativa inicial é que o município possui nesta faixa etária 5.650 idosos cadastrados e as doses recebidas seriam insuficiente para cobrir toda esta faixa etária. A Secretaria de Saúde havia decidido, então, aguardar o envio de nova remessa prevista para a próxima semana, para complementar o quantitativo e iniciar a vacinação. A atitude foi associada por populares também a uma possível folga de servidores estendida com o feriado da Semana Santa, já que o município decretou ponto facultativo.

A pressa da população se justifica pelo momento em que a cidade vive: no último boletim epidemiológico Lafaiete chegou aos 8.219 casos confirmados e 112 óbitos causados pela Covid-19.

Mudança

Lamentavelmente, a imprensa – importante canal de informação da população – , até ás 15h  apesar de muita insistência,  não havia ainda recebido oficialmente nenhuma confirmação da mudança de atitude, ou de detalhamento de como será esta imunização. No entanto foram vários internautas que afirmaram ter recebido comunicados dos respectivos Postos de Saúde da Família, informando que amanhã haverá no horário de 8h às 12h, vacinação de idosos de 69 anos contra a Covid-19.

Hoje acontece a vacinação dos idosos com 71 e 70 anos. A partir da segunda-feira (05/04) terá início a vacinação da 2ª dose dos idosos na faixa etária de 84 a 80 anos. Esta será realizada em domicílio.

A Estratégia

Todas as doses serão aplicadas na população. Em meados de março, o então Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, orientou os municípios para que apliquem todas as doses disponíveis na população. Antes, a orientação do Ministério da Saúde era de que estoques do imunizante deviam ser guardados para aplicar as duas doses necessárias para garantir a proteção.

Leia também:  Decisão de aguardar total de doses para seguir com vacinação em Lafaiete repercute negativamente.

 

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!