Fato Real
Lafaiete

Prefeito não prevê volta de música ao vivo no momento e reforça fiscalização em Lafaiete

A escala ascendente de contaminações pelo novo coronavírus e a informação de que mais uma possível morte por COVID-19 se encontra em investigação reforçou o estado de alerta em Conselheiro Lafaiete. A afirmação foi feita pelo prefeito Mário Marcus, na manhã desta sexta-feira (27/11), em entrevista ao “Jornal Falado Carijós”. Mesmo com o agravamento do número de casos no estado, o prefeito ressalvou que, em Lafaiete, a situação continua sob controle. Apesar da média superior a 20 contaminações diárias nas últimas semanas, Mário Marcus observou que o índice de internações permanece baixo com 30% de ocupação de leitos d UTI e 18% dos  clínicos, “a menor ocupação da Macrorregional Centro-sul de Saúde e uma das mais baixas do estado”.

Aglomerações no fim de semana

Às vésperas de mais um fim de semana, o prefeito advertiu que a fiscalização será ainda mais intensa nos bares e restaurantes para cobrar o cumprimento das normas sanitárias e evitar aglomerações: “Somente dentro de duas semanas poderemos saber se estamos enfrentando um novo pico da doença ou a segunda onda de contaminações. Precisamos ter consciência do momento pelo qual estamos passando, manter o máximo de cautela e seguir as recomendações de prevenção. Estamos no período do Natal e sabemos da importância do comércio para a economia local, mas pedimos às entidades comerciais que nos ajudem a cobrar o cumprimento dos protocolos. Neste fim de semana intensificaremos a fiscalização em todos os bares e restaurantes. Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e Polícia Militar estão autorizadas a fechar os estabelecimentos onde houver aglomerações”.

Músicos

Mário Marcus também comentou a insatisfação dos músicos de Lafaiete, que se mobilizaram no movimento “Por que não Eu?” para denunciar que a classe artística é o único segmento impedido de voltar às atividades e reivindicar a volta ao trabalho.  O pefeito disse que está sensível ao problema, mas que não faz sentido pensar agora na retomada dos eventos musicais. Mário Marcus argumentou que, obrigados a operar com lotação reduzida por causa da COVID, os donos de bares e restaurantes não estariam dispostos a aumentar os custos contratando músicos para se apresentar diante de poucas pessoas.

Boletim Epidemiológico

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou 29 novos casos de Coronavírus em Conselheiro Lafaiete no boletim desta quinta-feira 26/11. A  cidade já somou 1615 casos positivos desde o início da pandemia, com 1487 curados. 19 pessoas morreram e um óbito está em investigação.

A ocupação dos leitos em Lafaiete estava ontem em 30% em leitos de UTI e 18% em clínicos.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!