Fato Real
Lafaiete

Motoristas e cobradores da Viação Presidente ameaçam nova paralisação amanhã

Há um mês houve paralisação dos funcionários
Há um mês houve paralisação dos funcionários

Crescem os rumores de que a população de Conselheiro Lafaiete pode amanhecer sem transporte coletivo ou atendida com frota reduzida nesta sexta-feira (28/06). O possível novo protesto dos funcionários da Viação Presidente, concessionária do serviço, estaria relacionado novamente ao atraso do pagamento dos salários. O pagamento de julho, que deveria ser depositado na conta dos empregados no início de agosto, não teria sido feito até agora. Os trabalhadores reclamam também sobre o adiantamento salarial, que deveriam ter sido recebido no dia 21 e também não foi.

Segundo funcionários, em reunião com os colaboradores na última terça-feira, o gerente Luiz Carlos Beato teria argumentado  que a crise financeira afeta toda a empresa.

Em entrevista ao programa “Carijós contra o Crime”, um funcionário da Presidente, assegurou que os ônibus ficarão na garagem, pelo menos, nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira. Em mensagens compartilhadas nas redes sociais, trabalhadores, em tom de desabafo, disseram que a paciência se esgotou e não dá mais para prorrogar o voto de confiança que deram à empresa.

Caso a ameaça de paralisação se confirme, as consequências tendem a ser mais graves que as da paralisação anterior, ocorrida no dia 29/07 já que, desta vez, a maior parte do comércio está de portas abertas e a cidade vive um clima de relativa normalidade, apesar da pandemia de COVID-19.

Pagamento

Em contato com o Fato Real, o gerente da Viação Presidente, Luiz Carlos Beato, informou às 18h desta quinta-feira, que o pagamento do salário será feito nesta sexta-feira 28/08. “Acertamos com o proprietário da empresa e está tudo conforme combinado”, afirmou.

Leia também:  Segue impasse na Presidente e Lafaiete continua sem transporte público

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!