Fato Real
Lafaiete Política

Mário Marcus confirma que haverá contratação de nova empresa de transporte público

Em entrevista a jornalista Gina Costa no “Jornal Falado Carijós” nesta manhã de terça-feira 26/01, o prefeito de Conselheiro Lafaiete, Mário Marcus, reiterou que independentemente das ações da Viação Presidente, haverá a contratação emergencial de uma nova empresa de transporte público e o contrato da atual concessionária não será renovado.

Nesta segunda-feira (25/01) houve uma reunião entre as partes envolvidas no atual contrato de licitação do transporte coletivo publico municipal. O prefeito não participou da reunião, mas foi representado pelo Procurador Municipal, José Antônio Reis Chagas. Segundo o chefe do Executivo, a conversa tratou apenas de ouvir o posicionamento da empresa.

Mário Marcus afirma que o município já tem sua decisão tomada. Para o mandatário municipal, a Viação Presidente não tem condições de retomar os serviços e cumprir os compromissos com seus funcionários e com a população.

Segundo o prefeito, já foi publicado o credenciamento das possíveis interessadas e na próxima semana serão recebidas as propostas das empresas. “O que é certo é que a Viação Presidente não continua em Conselheiro Lafaiete” afirma Mário Marcus.

O chefe do Executivo municipal afirma que mesmo que não haja interessados em assumir o transporte público, a prefeitura irá procurar outras saídas no meio jurídico para que os lafaietenses não fiquem desassistidos: “A população está cansada de sofrer. Já sofreu muito. Os problemas são só adiados, fazem o compromisso de pagamento em um mês, no outro mês tem greve. Estamos com greve por três a quatro meses consecutivos.”

Desmentindo

Mario Marcus desmentiu a declaração do proprietário da Viação Presidente e prefeito de Santos Dumont, Betinho Azevedo, que  afirmou que a prefeitura suspenderia a contratação de uma nova empresa: “Isso não procede. Não é verdade, nós não vamos suspender essa contratação emergencial. Essa decisão será mantida”.

O prefeito afirmou que o credenciamento em caráter emergencial, não impede que a atual concessionária continue com seus serviços temporariamente:  “A partir do momento que tivermos uma empresa, romperemos com a Viação Presidente. Até lá, a concessionária prestará o serviço para não deixar a população desassistida. Se houver uma proposta que atenda a população, será feita a contratação em caráter emergencial, antes mesmo do vencimento do contrato com a Viação Presidente que acontece em março de 2021”.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!