Fato Real
Lafaiete Política

 Mário Marcus agradece pela vitória e diz que novo mandato começa hoje

Fato Real ouviu Mário Marcus no momento em que ele ia votar
Fato Real ouviu Mário Marcus no momento em que ele ia votar

Passava das 11 da noite quando a população de Conselheiro Lafaiete conheceu oficialmente o resultado das eleições municipais de 2020. Quebrando uma escrita que se mantinha desde 2008, Mário Marcus Leão Dutra (DEM) conquistou a reeleição obtendo exatos 27 mil votos. Mário obteve uma vantagem superior a 14.000 votos sobre o segundo colocado, Divino Pereira (PSD), votado por 12.107 votos.

Agradecimento

Esta manhã, em entrevista ao “Jornal Falado Carijós”, o prefeito reeleito estendeu seu agradecimento a todo o povo de Conselheiro Lafaiete pela confiança depositada em seu nome. Conforme a avaliação de Mário Marcus, o eleitorado lafaietense reconheceu o trabalho realizado até agora e compreendeu as dificuldades enfrentadas em decorrência do atraso nos repasses financeiros pelo governo do estado e, mais recentemente, em razão da pandemia de covid-19: “Mesmo assim conseguimos avançar, fizemos muitos projetos e conhecemos melhor os problemas da cidade, bem como as ações que precisarão ser implementadas para que haja melhora em várias áreas. Quero dizer ao povo de Conselheiro Lafaiete que eu, meu vice – Dr. Marco Antônio, e a equipe que vai trabalhar com a gente estamos preparados para dar continuidade ao trabalho, focando principalmente os problemas que já conhecemos”.

Problemas

Fato Real ouviu Mário Marcus no momento em que ele ia votar
Para os reeleitos um novo mandato começa hoje, segundo o prefeito

Entre as deficiências que deverão ter prioridade para serem sanadas, o prefeito eleito citou a área da saúde, a geração de empregos e as obras de infraestrutura de que a cidade necessita há anos.

O prefeito reeleito afirmou que o novo governo já começa hoje através do impulso a ações e projetos que já vinham sendo elaborados, todos voltados para a modernização e o progresso de Conselheiro Lafaiete.

Números

Mário Marcus também comentou a votação numericamente menor que recebeu, se comparada à obtida na primeira eleição quatro anos atrás: foram 27 mil votos agora contra 36 mil em 2016. Para Mário Marcus, proporcionalmente, a diminuição não foi tão expressiva quanto parece: “A vantagem que tivemos em relação aos adversários foi mais ampla que a da eleição anterior. Também tivemos um comparecimento menor de pessoas às urnas em função da pandemia, o que fez com que diminuíssem os votos para todos os candidatos. O fato de já estarmos no governo também fez com que várias pessoas que ainda não tiveram suas expectativas atendidas por obras que ainda não conseguimos realizar exercessem o direito de se abster ou votar em outro candidato. Mas obtivemos uma grande votação que nos colocou muito à frente dos que disputavam as eleições conosco”.

Fotos: Samuel Fosco

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!