Fato Real
Lafaiete

Aglomeração na avenida leva à tomada de ações mais enérgicas de prevenção a Covid

A imagem da avenida Telésforo Cândido de Resende com um grande número de pessoas circulando no último fim de semana chamou a atenção de populares e viralizou no domingo 30/08 nas redes sociais. O grande número de pessoas na rua, muitas sem máscara, mostra o desrespeito às normas sanitárias e à lei, já que em Lafaiete o uso de máscara em locais públicos é obrigatório.

Aglomeração ocorreu no sábado e domingo
Aglomeração ocorreu no sábado e domingo

Em entrevista ao “Jornal Falado Carijós”, a secretária de Saúde Rita de Kássia Silva Melo manifestou preocupação com as aglomerações que voltaram a ocorrer na cidade. Rita de Kássia disse que testemunhou pessoalmente grandes grupos de pessoas circulando despreocupadas, sem usar máscara de proteção, pela avenida Telésforo Resende. A secretária advertiu que a pandemia de COVID-19 ainda está longe de ser controlada e recomendou à população que continue se cuidando: “No sábado e no domingo, percebemos grandes aglomerações de pessoas próximo aos bares e restaurantes. Estive pessoalmente nesses locais para ver o que estava acontecendo e avaliar o grau de comprometimento e responsabilidade, que precisam ser conjuntos neste momento, tanto das autoridades, quanto dos cidadãos. Quase a totalidade das pessoas não estava usando máscara e nem respeitando o distanciamento social”.

Reforço de medidas

A secretária da Saúde confirmou que o movimento verificado no último fim de semana levou a Administração Municipal a se reunir, na segunda-feira (31/08) para discutir o reforço das medidas preventivas.

Até então, as ações se restringiam a abordagens de orientação e esclarecimento aos proprietários e frequentadores, além da fiscalização de bares e restaurantes pela Vigilância Sanitária. Agora, porém, podem ser necessárias atitudes mais enérgicas: “A Secretaria da Saúde já começou a montar equipes itinerantes. Os profissionais vão circular por todo o centro da cidade abordando as pessoas que não estejam usando máscara. Além de oferecer o protetor facial, vamos reforçar a importância do seu uso enquanto se estiver em locais públicos. Ao mesmo tempo, a fiscalização pela Vigilância Sanitária será redobrada em conjunto com a Guarda Municipal e Polícia Militar”, explicou a secretária.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!