Fato Real
Gerais

Presidente da CNDL incentiva consumidor lafaietense a se engajar na “Semana Brasil”

Com previsão para o período de 3 a 13 de setembro, a “Semana Brasil” 2020” é um evento de estímulo ao consumo promovido pelo Governo Federal em parceria com o comércio varejista de todo o país. O objetivo é incentivar os lojistas a oferecer descontos e atrair os clientes. Principalmente neste ano atípico, marcado pela pandemia do novo coronavírus, em que o Brasil mergulhou oficialmente em recessão, a ideia é focar nas promoções como forma de reaquecer o comércio e trazer os clientes de volta às compras.

Lafaietense preside a CNDL
Lafaietense preside a CNDL

A “Semana Brasil” tem participação de lojas de diferentes setores, como alimentação, eletrônicos, eletrodomésticos, móveis, cosméticos, produtos de higiene e material esportivo, que se propõem a oferecer descontos aos consumidores. Ao todo, 83 associações varejistas aderiram ao movimento este ano. Presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, o empresário lafaietense José César da Costa aposta em resultados favoráveis para comerciantes e consumidores: “A proposta em 2019, quando houve a primeira edição era preencher um período no qual, praticamente, não havia nenhum movimento de estímulo ao varejo, além de exaltar uma data cívica que contribui para elevar a autoestima dos brasileiros. Nossa expectativa é de um aquecimento considerável das vendas, superando o resultado muito positivo que já obtivemos no ano passado. Apostamos no incremento das compras online, que cresceram consideravelmente em razão da pandemia, mas queremos também que o consumidor faça compras presenciais, respeitando, naturalmente, todos os protocolos de prevenção, usando máscara e obedecendo o distanciamento social”.

Em Lafaiete e região, é esperado o desempenho acima da média dos itens de vestuário, calçados, artigos esportivos e das ofertas dos supermercados. O presidente da CNDL explicou que a “Semana Brasil” se apoia em três pilares: colaboração, otimismo e oportunidade. Tudo a ver, segundo José César, com os novos ares que o país está começando a respirar: “Após este longo período de perdas, a economia começa a dar sinais sólidos de recuperação. Tivemos, nos últimos meses, uma série de incentivos do governo, como liberação do FGTS, antecipação do 13ª dos aposentados e manutenção até o fim do ano do auxílio emergencial, agora no valor de R$300. Chegou a hora de o consumidor buscar aquilo que deixou de adquirir no momento mais difícil. O comércio de todo o Alto Paraopeba, especialmente o de Conselheiro Lafaiete, Ouro Branco e Congonhas, aderiu a este momento tão importante e está preparado para receber os clientes”, assegurou o presidente da CNDL.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!