Fato Real
Coluna Vou Falar - por Aaron Fenix Gerais

Pratique gentileza

Os tempos atuais carregam pessoas amarguradas, angustiadas, impacientes, avarentas, vaidosas, invejosas. Pessoas que carregam em si o antônimo da gentileza: estupidez, grosseria, incivilidade, brutalidade, selvajaria, rusticidade. Pessoas cujo comportamento influencia e altera o ciclo natural da paz e da harmonia social.

Um ditado popular diz que: “gentileza gera gentileza”. Quando se é gentil com os outros ajudamos a tornar o ambiente melhor. Ser gentil é ser amável, agradável, elegante, cortês. Atos de gentileza tornam você aos olhos do outro um ser encantador, e digno de receber um tratamento semelhante. A gentileza pode transformar uma vida, uma relação, um relacionamento profissional, basta praticar. E Gandhi, dizia que: “A gentileza não diminui com o uso. Ela retorna multiplicada.” Além disso, pessoas solidárias têm menos probabilidade de sofrer de doenças crônicas, e seu sistema imunológico tende a ser melhor, porque existe uma relação direta entre bem-estar, felicidade e saúde.

Gentileza é um modo de agir, um jeito de ser, uma maneira de enxergar o mundo. Ser gentil, portanto, é um atributo muito mais sofisticado e profundo que ser educado ou meramente cumprir regras de etiqueta, porque embora possamos (e devamos) aprender a ser gentil, trata-se de uma característica diretamente relacionada com caráter, valores e ética; sobretudo, tem a ver com o desejo de contribuir com um mundo mais humano e eficiente para todos.

Pessoas gentis praticam constantemente a empatia, são bons ouvintes e pacientes. Bem como, são capazes de pedir desculpas, quando descobrem que erraram, são solidários e companheiros. Procuram analisar as situações e serem justos. São capazes de resolver muitos conflitos, por terem um método apaziguador de lidar com questões.

É preciso praticar a gentileza com todos, sejam seus subalternos, familiares ou amigos próximos. Dizem que o favor é feito com o cérebro e a gentileza com o coração, ou seja, não é um gesto planejado, mas você pode se esforçar para desenvolver essa característica, caso não a tenha. Não espere receber para dar, nem gentileza para ser gentil. Tenha você grandes atitudes, doe a cada dia um pouco de si e faça com os outros apenas o que você gostaria que fizessem com você. Pois são nos pequenos gestos e atitudes que ficam as melhores lembranças. Para terminar lembrem-se do que disse Shakespeare: “Eu aprendi que ser gentil é mais importante do que estar certo.”

Tô Sabendo e Vou Falar!
Aaron Fênix

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!