Fato Real
Gerais

Pandemia altera comemorações de Jubileu e Sete de Setembro

Os meses de agosto e setembro são marcados por celebrações cívicas e religiosas que atraem um grande público e movimentam a região. Este ano, porém, a pandemia de Covid- 19 impede a renovação da tradição.

Sete de Setembro

Em Lafaiete, um dos eventos mais aguardados é o desfile de 07 de setembro, quando uma multidão lota a avenida Telésforo Resende para assistir aos desfiles das escolas, entidades civis e corporações militares. Este ano, contudo, o desfile não acontecerá e os atos cívicos  vão acontecer de forma discreta e sem público. O secretário de Cultura, Rafael Lana, confirmou que o Município não deixará a data passar em branco, mas fará o momento cívico na própria Prefeitura, de forma segura, restrita e sem espectadores. Os 198 anos da Declaração da Independência do Brasil também merecerão menção especial nas aulas online que vêm sendo oferecidas pela rede municipal de ensino.

Em Piranga, a festa em louvor ao Bom Jesus do Bacalhau está sendo realizada sem a participação direta do povo. As missas são acompanhadas pela internet e foram suspensas as procissões, as barraquinhas e outros atrativos característicos da festividade. A programação vai até o sábado 15/08.

 

Jubileu tradicionalmente reúne multidão em Congonhas
Jubileu tradicionalmente reúne multidão em Congonhas

Jubileu de Congonhas

O mesmo cenário é esperado para o Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matozinhos, que tradicionalmente mobiliza Congonhas entre os dias 07 e 14 de setembro, atraindo à cidade histórica romeiros e turistas do país inteiro.

O prefeito José de Freitas Cordeiro – o Zelinho, manifestou esta expectativa em entrevista ao Fato Real: “Como todos sabem, dificilmente teremos festas neste ano de 2020. Os próprios padres já estão anunciando que farão o Jubileu através da internet, sem festas públicas, para evitar aglomerações. Está sendo um ano muito difícil pra todos nós devido à pandemia. Ninguém poderia esperar o que está acontecendo em 2020. Mas os prefeitos da região continuam fazendo o dever de casa e investindo forte na área de saúde  para que a situação não se agrave”.

Em vídeo o Cônego Geraldo Leocádio detalhou como serão as atividades em honra ao Bom Jesus.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!