Fato Real
Gerais

ONU realiza campanha de conscientização contra a invisibilização da violência contra a mulher

A Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil dará visibilidade às mulheres e meninas que enfrentaram a violência antes e durante a pandemia com o lançamento da campanha nacional “ONU realiza campanha de conscientização contra a invisibilização da violência contra a mulher ?”, com o conceito Somos Nossa Existência. A ação será implementada nos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, entre 20 de novembro a 10 de dezembro, que é o Dia internacional dos Direitos Humanos. Em Congonhas, o Centro de Referencia da Mulher (CRM) aderiu a esta campanha. O CRM auxilia às vítimas de violência e é vinculado a Diretoria de Direitos Humanos, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (SEDAS).

Ao longo deste período, a ONU Brasil destacará o processo de invisibilização e violência que as mulheres e meninas têm enfrentado antes e durante a pandemia da COVID 19. A campanha é inspirada na canção “O que se Cala”, composição de Douglas Germano e interpretação de Elza Soares.

➡️8 Efeitos da violência na vida da mulher

Infelizmente esses podem ser os traumas que a violência pode causar a uma mulher:

  1. Depressão e estresse pós-traumático
  2. Ansiedade e síndrome do pânico
  3. Isolamento Social e baixa autoestima
  4. Irritabilidade e crises de choro
  5. Insônia e pesadelos
  6. Problemas de concentração e memória
  7. Raiva e nojo de si mesma
  8. Pensamentos de morte e consumação do suicídio

Não seja cúmplice. Combata. Aja!

Então:

SE VOCÊ SOFREU OU PRESENCIOU ALGUM TIPO DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER, DENUNCIE. FAÇA SUA PARTE!

Centro de Referência da Mulher forte e eficaz!
Denuncie: 180.
📞 Atendimento CRM (31)3731-4428📞
Congonhas

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!