Fato Real
Gerais

Mateus Baêta lança música em parceria com o poeta Leandro Brigolini

O músico lafaietense, Mateus Baêta está lançando um novo trabalho. Recentemente ele ajudou a compor a música “Fire In The Winter” que na tradução quer dizer “Fogo no Inverno”, escrita pelo poeta, filósofo e contador, Leandro Brigolini.

Parcerias

Mateus Baêta e Leandro Brigolini contaram com o suporte na escrita e na pronúncia da letra do americano Daniel Deeds que é professor de inglês em Conselheiro Lafaiete. A música foi gravada por Mateus com a participação do ex-baterista do Sepultura, Jean Dolabella. A produção musical foi feita pelo Augusto Nogueira e o vídeo foi gravado e dirigido pelo fotógrafo Luciano Marcenes. “Esse novo trabalho retrata os dias frios carregados pela melancolia da solidão. A música explora o reflexo do inverno na emoção de uma pessoa que vive sozinha. Espero que vocês curtam”, destacou Mateus Baêta

A canção

O poeta Leandro Brigolini explica que canção é uma alegoria das consternações amorosas e ou existenciais de um individuo comum que em face ao desespero, a tristeza e aos desencantos da vida acaba por resignar tudo à sua volta de uma forma dramática. Ele reforça que a letra também apresenta o tempo, as paisagens, os caminhos, os sentidos e tudo que se consome e se revolta aos olhos de quem se prende ao desespero de ser. “É o tempo que não passa, caminhos que se fecham e os sentidos que se enganam”, conta Leandro Brigolini.

Mateus Baêta

Mateus Baêta é autodidata. De uma família de músicos começou a tocar violão sozinho aos 08 anos. Na adolescência, descobriu a paixão pelo rock e pela guitarra. “Aprendi outros instrumentos e comecei a criar minhas primeiras canções. Depois dos 20 anos comecei a cantar lírico, cantei em casamentos, teatros e programa de televisão”, conta o músico.

Aos 25 anos, Mateus Baêta criou a Escola de Música Vivace em parceria com Márcia Assis. A escola já levou três alunos da região para o The Voice, na Rede Globo e uma dupla feminina ao programa do Raul Gil, no SBT.

Nos últimos anos, o músico tem se concentrado na gravação de seu primeiro disco autoral. A primeira música do disco (Let Go Ofthepast) foi lançada no YouTube em 2015 e teve a participação da atriz Paloma Bernardi. Em 2018 lançou nas redes sociais a canção “Toda Cor é de Mentira” que ficou entre as 50 melhores músicas independentes do Brasil naquele mesmo ano. Em 2019, foi lançada a música “A Primeira Hora” que foi indicada para concorrer ao melhor clipe brasileiro no festival de cinema em Los Angeles, o que foi um grande divisor de águas na sua carreira.

Leandro Brigolini

Leandro Brigolini
Leandro Brigolini

“Ser poeta é desventura, estar poeta é inspiração, ambos espreitam uma dor sem cura, – os que estão poeta, e os que deveras são”. Com estes versos, iniciei meus primeiros rompantes como poeta amador aos 16 anos de idade, conta Leandro Brigolini. De lá para cá já se vão 33 anos de uma existência hibrida, exercendo distopicamentea, profissão de contador, compositor e poeta.

Leandro é filho de escritora, amante de literatura clássica e devoto da boa escrita. Ainda adolescente entrou nos caminhos de uma escrita infame e informal, percorrendo silenciosamente as travessas da inspiração, humildemente de mãos dadas com alguns mestres do bom estilo, tais como Drummond, Garcia Lorca, Fernando Pessoa, Eugênio de Andrade, Walt Whitman, entre tantos outros gigantes. “Eles hão de perdoar a ousadia de tê-los cooptado intimamente, sem licença ou pudor na construção do meu ser”, disse.

A música está disponível no canal do YouTube Mateus Baêta. Clique aqui e ouça.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!