Fato Real
Gerais

José César é eleito presidente da União Nacional de Entidades do Comércio

Eleição foi por  videoconferência
Eleição foi por videoconferência

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), José César da Costa, foi eleito nesta quarta-feira 03/02 presidente do Conselho de Administração da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs)  para o biênio 2021-2022.

O atual presidente da Entidade, George Teixeira Pinheiro, conduziu o encontro, que contou com a presença dos presidentes e representantes das nove entidades do setor que compõem a Unecs.

José César da Costa destacou a atuação de George Pinheiro à frente da Unecs e a importância do associativismo para o fortalecimento do setor.

José César da Costa foi eleito presidente da Unecs
José César da Costa foi eleito presidente da Unecs

“Parabenizo e agradeço ao George Pinheiro pela sua permanente atuação à frente da Unecs, que fez um trabalho primoroso, sobretudo no último ano, quando enfrentamos a maior crise do século. A articulação da Unecs foi fundamental para a construção de medidas junto ao governo que puderam de alguma forma amenizar os impactos da crise no setor”, disse Costa, que completou: “Me sinto honrado pela eleição e com muita vontade de juntos, unidos em um esforço conjunto, pelo fortalecimento da Frente Parlamentar do Comércio, Serviços e Empreendedorismo e da Unecs”, destacou o lafaietense José César da Costa.

O consultor político da Unecs, João Hummel, apresentou aos participantes uma análise do cenário político do país e das principais pautas do setor em debate no Congresso Nacional.

“Chego com muita vontade e dedicação, por saber a importância da Unecs e de como podemos evoluir e conquistar nossos objetivos através da nossa união”, declarou Costa, ao defender também o crescimento da Frente Parlamentar de Comércio e Serviços (FCS) no Congresso Nacional. Segundo ele, o objetivo é fazer da FCS a maior da Casa, promovendo grandes debates e trabalhando com mais afinco em todas as pautas de interesse do setor, como as reformas administrativa e tributária, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a confiança creditícia das empresas, entre outras.

Fontes: CNDL e Unecs.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!