Fato Real
Gerais

Congonhas recebe mais 1230 doses de vacinas contra Covid-19 hoje

A Secretaria Municipal de Saúde informou que Congonhas deve receber nesta segunda-feira (01/02) mais 1230 doses da Coronavac, a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan.

Deste total, 660 vacinas fazem parte do lote destinado à segunda dose que será aplicada aos profissionais de saúde da linha de frente do enfrentamento ao coronavírus que foram imunizados em janeiro. As outras 570 doses serão distribuídas aos demais profissionais de saúde.

Na semana passada o governo do Estado divulgou nota informativa com o esquema de vacinação em Minas Gerais. De acordo com a nota, a distribuição da quantidade de doses para cada município foi realizada de acordo com os dados alimentados pelos gestores municipais, nos sistemas de informações federais: Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), Cadastro Nacional da Assistência Social (CadSUAS) e o Departamento de Saúde Indígena – Desai.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, as doses de vacinas recebidas até o momento possibilitarão a imunização de 67% dos trabalhadores da saúde.

Foto: Augusto Ricelli
Foto: Augusto Ricelli

 

Grupos prioritários

A nota traz, ainda, o número da população estimada para cada grupo prioritário em Minas Gerais segundo o Ministério da Saúde. Como base de cálculo para esta estimativa foram utilizados os dados do CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde) e o total de trabalhadores de saúde  no estado vacinados na campanha de Influenza em 2020.

Trabalhadores de Saúde dos serviços hospitalares de referência ao atendimento de pacientes Covid-19 e trabalhadores de Saúde das Unidades Básicas de Saúde (UBS)  – 669.490 pessoas.

Pessoas idosas (igual ou superior a 60 anos) residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas) – 38.578 pessoas (de acordo com Cadastro do Sistema Único da Assistência Social – SUAS, 2019 – CadSUAS + margem de erro considerando instituições privadas não registradas.

Pessoas com deficiência, residentes em residências inclusivas (institucionalizadas), maiores de 18 anos – 1.160 pessoas. Como não há fonte de cálculo disponível, segundo a nota, os municípios deverão declarar a existência dessas instituições para recebimento da vacina Deficiência autodeclarada e documento que comprove a residência. 

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!