Fato Real
Gerais

Confirmado primeiro óbito por Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica em Minas

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou, nesta terça-feira (2/03), o primeiro óbito causado pela Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P). A criança, de 9 anos, sem comorbidades, morava em Juiz de Fora e teve exame positivo para Covid-19. Ela apresentou febre e cefaleia em 21 de outubro de 2020, foi hospitalizada no dia 24 e transferida para a UTI no dia 25. O óbito ocorreu em 26 de outubro e o caso foi notificado de acordo com os critérios do Ministério da Saúde para notificação de suspeita de SIM-P.

A investigação foi realizada pela área técnica da SES com apoio do CIEVS Minas. Foi realizado amplo e minucioso estudo do caso com encaminhamento de amostras clínicas para pesquisa de várias etiologias pelos Laboratório Central (LACEN) da Fundação Ezequiel Dias (FUNED) e Laboratório de Referência Nacional (LRN) da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ RJ). Todos os exames realizados descartaram outras etiologias infecciosas. Equipe técnica do Ministério da Saúde também fez análise do caso para validação do diagnóstico de óbito por SIM-P, considerando que a síndrome é nova e apresenta quadro clínico de amplo espectro.

De acordo com o boletim epidemiológico da SES, foram notificados 211 casos suspeitos de SIM-P em Minas, sendo 104 descartados e 77 confirmados como SIM-P. Um dos registros de casos confirmados aconteceu em Barbacena.

Casos

No Brasil, são 646 notificações confirmadas de SIM-P, com registro de 41 óbitos (de 1° de abril de 2020 até 02/01/2021)

Informações: Agência Minas

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!