Fato Real
Gerais

Bombeiros resgatam cão em paredão de quase 170 metros

Em uma ocorrência complexa e perigosa, bombeiros salvaram nesta quinta-feira 20/08 um cão em uma pedreira na zona rural do município de Ressaquinha. O animal estava agonizando no alto do paredão de uma altura aproximada de 170 m sem conseguir sair.

Bombeiro contorna a pedreira para acessar o animal
Bombeiro contorna a pedreira para acessar o animal

Segundo os bombeiros do solo até o ponto onde o cão se encontrava haviam cerca de 170 m; entretanto era impossível escalar a montanha e o paredão para chegar até o animal. O Tenente Mateus Viol que chefiava uma equipe de quatro bombeiros decidiu estrategicamente que a equipe deveria contornar o cume da montanha, por onde fizeram uma caminhada de cerca de 40 minutos chegando ao ponto mais alto. De lá verificaram que teriam que descer mais 25m e chegar ao cão.

Com técnicas de rapel e resgate, utilizando equipamentos de salvamento em altura os bombeiros traçaram uma rota onde os militares desceram devidamente equipados até o platô onde o cão se encontrava.

Ponto onde o animal estava
Ponto onde o animal estava

Além de todo esforço e técnica, os bombeiros se depararam com animal bravio, que estava bastante assustado, debilitado e não permitia aproximação. O animal foi então guiado pela equipe para sair de onde se encontrava passando por um pequeno e único trecho de pedras possível, rente ao paredão, tomando rumo em direção à floresta não sendo mais visto.

Operação era complexa e perigosa
Operação era complexa e perigosa

O proprietário da pedreira não soube dizer a origem do cão nem quem é seu responsável e disse não imaginar como o animal conseguiu chegar até o platô da montanha. O tenente Mateus que comandou os trabalhos, disse que: ” Era uma ocorrência complexa e perigosa para a equipe porque havia o risco de o animal escorregar pelo paredão!”

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!