Fato Real
Destaque Gerais

PM alerta mulheres e incentiva denúncia de violência doméstica

O crime de feminicídio ocorrido nesta semana em Capela Nova tendo como vítima uma jovem de 17 anos e autor o ex-namorado dela de 40 anos levou o Destacamento da Polícia Militar da cidade a emitir um alerta às mulheres, publicado abaixo, na íntegra:

Infelizmente ontem sofremos com a perda de uma jovem que tinha toda uma vida pela frente. A vida dela foi embora, isso não podemos mudar. O autor foi preso, porém a família sentirá a dor da perda para sempre. Todos os militares ficaram consternados com esse crime brutal.

Nesse momento, gostaríamos de chamar a atenção de todas as mulheres para que não se calem perante sinais de violência doméstica,  que peçam a ajuda de seus familiares, dos órgãos públicos, da Polícia Militar.  Pedimos que não se submetam a sofrer com essa prática, quer seja por medo, insegurança ou dependência financeira. Sua vida é muito importante.

Cabe ressaltar que a violência doméstica é um ciclo que passa pelas seguintes fases: aumento da tensão, ato de violência e lua de mel. Esse ciclo precisa ser quebrado, pois com o tempo os intervalos entre uma fase e outra ficam menores e as agressões passam a acontecer sem obedecer à ordem das fases.

Em alguns casos o ciclo da violência termina com o feminicídio, que é o assassinato da vítima.

Por isso, não se cale. Fique atenta a qualquer sinal de violência doméstica.

O Destacamento da PM de Capela Nova conta com a presença de uma Policial Militar Feminina.

Responsável pelo Release: 3° Sgt PM Danielle de Assis Vilanova Fortes.
Militar lotada no Dst. PM de Capela Nova.

Denuncie

Mulheres vítimas de violência doméstica e ameaças  podem denunciar através do telefone 180. Se você souber de violência contra mulheres, também pode denunciar.

Serviço
Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher em Conselheiro Lafaiete.
Endereço:  Rua Narciso Júnior 384, bairro Campo Alegre – Lafaiete .(Próximo ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais).
Horário de atendimento: 8h30 às 12h e de 14h às 18h30 (segunda a sexta-feira).
Telefone: 3769 – 1227.
Em caso de necessidade de atendimento fora deste horário as mulheres podem recorrer ao 190 (PM) e ao 3769-1200 (Polícia Civil).

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!