Fato Real
Destaque

Lafaietenses viajam de bicicleta a Aparecida para louvar a Padroeira do Brasil

Estão se firmando como tradição e atraindo cada vez mais adeptos as viagens alternativas a cidades brasileiras inseridas na rota do turismo religioso. A pé, a cavalo ou sobre duas rodas, os aventureiros da fé dão verdadeiras demonstrações de devoção e resistência física.

Grupo saiu da porta da Matriz de N.Sra.da Conceição, em Lafaiete
Grupo saiu da porta da Matriz de N.Sra.da Conceição, em Lafaiete

No último fim de semana, o grupo Cavernosos, de Conselheiro Lafaiete, empreendeu viagem à terra da Padroeira do Brasil. Pelo terceiro ano consecutivo, os amigos percorreram de bicicleta os 450 quilômetros entre Lafaiete e Aparecida (SP). A jornada de aventura, devoção e fé foi empreendida pelos amigos Ângelo dos Santos, Marcelo Damasceno, Ricardo, Eduardo, Ademilson Gomes, Mateus, Everton Paiva, e Robson.

Segundo os ciclistas, todos devotos de Nossa Senhora, a ideia nasceu há três anos. Para o grupo, fazer uma “Bike Romaria” de Lafaiete a Aparecida é uma forma de agradecimento pelas próprias vidas e de seus familiares.

No total, os aventureiros pedalam durante dois dias até chegar ao destino. Eles saíram de Lafaiete às duas horas da manhã da última sexta-feira, dia 16, e pedalaram 250 km, pernoitando na cidade de Bom Jardim de Minas, ainda em território  mineiro. No sábado, retomaram a viagem e completaram os 200 km restantes do trajeto chegando ao pátio da Basílica Nacional de Aparecida no por volta de 18h30.

Concluída a jornada, os amigos assistiram à missa na basílica no domingo e em seguida, retornaram a Lafaiete. “A emoção de fazer parte desta bike romaria é única. A gente supera todos os desafios e torna nossa fé ainda maior”, disse Angelo, afirmando que o grupo treinou e se preparou para este pedal.

Grupo em seu destino final: A Basília de N.Sra.Aparecida
Grupo em seu destino final:  Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida

Nos dois anos anteriores, o grupo Cavernosos empreendia a peregrinação sobre duas rodas por ocasião dos festejos da Páscoa, saindo de Lafaiete na Sexta-Feira da Paixão. Em 2020, a pandemia do novo coronavírus adiou os planos e o tributo a Nossa Senhora teve de esperar a superação da fase mais aguda da COVID-19; por isso a homenagem foi prestada agora em outubro, que é o mês da Padroeira.

Ano que vem tem mais

Os participantes da “Bike Romaria” são ciclistas preparados para os percalços de uma viagem como a que empreenderam.

São dois dias inteiros pedalando, o que requer disposição e condicionamento físico.

Satisfeito pelo pleno êxito da segunda “Bike Romaria”, o grupo Cavernosos promete voltar no ano que vem e espera poder viajar como nas outras vezes, durante a Semana Santa, à capital católica do Brasil dando provas de coragem, fé e amor a Nossa Senhora Aparecida.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!