Fato Real
Destaque Política

João Paulo prega independência e confirma disputa de presidência da Câmara

Após fazer a apresentação dos novos vereadores eleitos, o Fato Real inicia nesta segunda-feira 30/11 série de entrevistas com os reeleitos. Iniciamos a sequência com João Paulo Resende.

Terceiro mandato

Valdir Pé Quente
Valdir Pé Quente

Em 2012, quando conquistou pela primeira vez uma vaga no Legislativo de Conselheiro Lafaiete, João Paulo Fernandes Resende (DEM) herdou o nome político e o eleitorado do pai, Valdir Pé Quente. Agora, caminhando para o terceiro mandato consecutivo, segue trajetória própria e se firma como um dos vereadores mais influentes da Câmara Municipal.

Apesar da experiência, João Paulo conta que enfrentou as mesmas barreiras impostas pela pandemia de Covid-19 aos demais concorrentes na campanha de 2020: as poucas visitas pessoais a eleitores e seus familiares foram previamente combinadas e cercadas de todas as cautelas recomendadas pelos órgãos de saúde. A alternativa foi divulgar a candidatura através das redes sociais. Outro obstáculo apontado foi o excesso de candidaturas a vereador este ano, cujo efeito, na opinião de João Paulo, foi a pulverização dos votos, o que aumentou a dificuldade para conquistar o resultado necessário para assegurar a vitória.

Proximidade

Companheiro de partido do atual prefeito, João Paulo atuou como líder do governo em duas ocasiões ao longo da gestão de Mário Marcus. Agora que ambos estão reeleitos, o vereador diz que continuará ao lado do prefeito nas questões que forem de interesse da população lafaietense: “Enquanto líder, minha postura sempre foi votar a favor do que fosse bom para a população e, caso discordasse do prefeito, discutir até chegar a um consenso. Mesmo como líder do governo na Câmara votei projetos contrários ao Executivo sem que o prefeito interferisse em minha decisão. Tenho uma proximidade muito grande com Mário Marcus e, como membro do seu partido, assumi a liderança na Câmara para encaminhar as demandas dos vereadores ao Executivo e deste à Câmara. Tenho certeza de que o relacionamento continuará desta forma, sem interferências, pois os poderes devem atuar separados e independentes, ainda que buscando harmonicamente uma melhor qualidade de vida para a população de Lafaiete”.

João Paulo Resende acredita que, em 2020, o Legislativo renovado deverá se debruçar sobre a análise de projetos relevantes e o Executivo prepara o envio de proposições com repercussão na vida da população.

Presidência

João Paulo quer voltar a presidência da Câmara
João Paulo quer voltar a presidência da Câmara

Atual presidente da Casa, o vereador reeleito adiantou que apresentará seu nome à disputa pela presidência da Câmara no primeiro ano da próxima Legislatura: “Houve uma renovação significativa na composição do Legislativo. Teremos pessoas de segmentos variados defendendo bandeiras diversas, mas creio e torço para que dê tudo certo. Quero concorrer à presidência da Câmara porque, agora em 2020, alguns projetos que tínhamos em mente ficaram paralisados por causa da pandemia. Tivemos que cortar os gastos da Câmara, suspendemos várias obras que precisariam ser feitas no prédio da Casa e antecipamos as reuniões para o período da manhã para não ter de pagar horas extras. Enfim, foi um ano em que estivemos de mãos atadas, no qual a meta foi economizar para ajudar o prefeito no combate à pandemia”.

Prioridades

Entre as prioridades que o futuro presidente da Câmara terá de administrar, João Paulo citou a reforma do Teatro Municipal (já definida com o prefeito Mário Marcus) e a transmissão online, através das redes sociais, das sessões do Legislativo. Atualmente, as reuniões são gravadas em vídeo e posteriormente publicadas no Youtube.

Outra inovação que o atual presidente gostaria de viabilizar, caso seja escolhido para o comando da Casa em 2020, seria a ampliação das sessões itinerantes, que não puderam prosseguir este ano devido às restrições decorrentes da pandemia.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!