Fato Real
Coluna Vou Falar - por Aaron Fenix Gerais

Escola não é depósito de crianças!

Esta pandemia trouxe à luz um problema que até hoje era ignorado, mas que está no centro de uma discussão importante sobre a escola e o ensino. Até que ponto os pais estão realmente dedicados ao aprendizado de seus filhos? Transferem para a escola toda a responsabilidade? Querem apenas que eles tenham uma atividade que os tire de casa? Sério que acham que tem como uma criança voltar para a escola e ela e os pais se sentirem seguros?Falam que as escolas particulares já estão prontas para o retorno, mas e as escolas públicas? As escolas públicas em sua maioria sofrem até com falta de papel higiênico e eles acreditam que os tais protocolos serão seguidos? Depósito de crianças? Retorna somente as particulares e aumenta a desigualdade deixando as crianças das escolas públicas sem aula?  Esse sempre foi o propósito da educação brasileira! Temos que voltar às aulas sim, mas  COM SEGURANÇA PELO APRENDER,PELO EVOLUIR, PELO PROSPERAR. Escola não é clube da esquina.

Existe uma confusão entre o papel social e o educacional da escola. Muitas vezes o foco está em tirar o aluno da rua em vez de se priorizar a qualidade do ensino, como se fosse suficiente atingir o primeiro. Eu concordo que a escola tem importante papel social. Mas é importante salientar que sua função central é o ensino e o aprendizado, o social deve dar suporte, até mesmo ser a conseqüência, e não o fim desejado.

Na atual conjuntura de retorno das aulas presenciais nas escolas o que mais tenho lido em depoimentos de mães e pais é que “AS CRIANÇAS PRECISAM VOLTAR PARA A ESCOLA, nossas crianças estão ficando com transtornos psicológicos e psiquiátricos. Desde há muito tempo que uma grande maioria de pais e mães vê a escola como um depósito de crianças. Escola não é isso. Quando analisamos a escola sob o prisma das dificuldades encontradas ainda vemos crianças, atravessando rios, andando por entre matas, por estradas perigosas, acordando de madrugada e retornando com fome ao entardecer pelo simples prazer junto a necessidade de aprender. O aprender pra sair da vida de dificuldades, privações, para ter outra sorte que não a de seus pais por vezes beirando o analfabetismo, na realidade sabem que o único caminho é o caminho das letras, da educação, e quando o fazem com prazer, nenhum sacrifício torna-se maior que o desejo do saber.

A realidade do nosso país precisa mudar. Nossas crianças não podem mais ser depositadas em nossas escolas, a educação precisa começar a se prolongar para a família. Existe uma confusão entre o papel social e o educacional da escola. Muitas vezes o foco está em tirar a criança da rua em vez de se priorizar a qualidade do ensino, como se fosse suficiente atingir o primeiro. Eu concordo que a escola tem importante papel social. Mas é importante salientar que sua função central é o ensino e o aprendizado, o social deve dar suporte, até mesmo ser a conseqüência, e não o fim desejado.

Tô Sabendo e Vou Falar!
Aaron Fênix

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!