Fato Real
Coluna Vou Falar - por Aaron Fenix Gerais

Dia Internacional da Mulher

Mãe, filha, amiga, namorada, noiva, esposa, tia, madrinha e avó. Esses são alguns nomes que, constantemente, chamamos as mulheres que passam pela nossa vida. Às mulheres, o meu mais sincero parabéns neste dia tão especial. Afinal, vocês estão dominando o mundo. Vocês vencem um leão por dia! Praticamente, em todas as profissões já temos a mulher ocupando postos de destaque. E isso é uma conquista e tanto!

Ao se tornar referência no mundo inteiro, o 8 de março tem um importante papel na visibilidade do amplo movimento de mulheres e da luta por relações sociais igualitárias, tanto no mercado de trabalho quanto na família. Uma luta fundamental, tendo em vista a persistência das diferenças salariais, da violência doméstica e do feminicídio (entre outros graves problemas).

Confesso que às vezes essa data mais me entristece do que desperta qualquer tipo de outro sentimento porque vejo muitos posicionamentos polarizados, extremistas, machistas, feministas e tantos outros que alimentam cada vez mais a diferença entre a mulher e a sociedade e que em minha opinião fogem do que a luta pela igualdade de direitos significa.

Eu considero vocês pessoas especiais, não porque vocês podem ser fisicamente mais frágeis e por isso merecem diferenciação, ou porque vocês podem dar à luz a outra vida e por isso merecem admiração, mas porque vocês são maravilhosas mesmo.

Espero que não só neste dia, mas em todos eles, nós homens sejamos capazes de alimentar essa crença nas mulheres de todas as idades que nos cercam.

Que nós, pais de mulheres sejamos cada vez mais capazes a incentivar nossas filhas a construírem suas vidas sem ter como foco apenas o casamento, e sim em uma vida com propósito, ideais e lutas. Que nós pais de homens sejamos capazes de transmitir aos nossos filhos as ideias de igualdade entre meninas e meninos e não a cultura da mulher como um prêmio ou um objeto de prazer apenas. Que nós maridos sejamos capazes cada vez mais de incentivar o crescimento de nossas parceiras e não apenas tê-las como a costela de Adão. Que nós filhos sejamos cada vez mais gratos a nossas mães pela vida e pelas renúncias que elas foram obrigadas a ter por conta de uma sociedade que conseguia ser pior que a nossa de hoje ainda é para as mulheres.

Que vocês mulheres continuem as grandes gestoras das famílias. Hoje, graças à luta de vocês já não vemos aquela versão clássica da “Amélia”, mas encontramos uma mulher multimídia integrada com o mundo, com os amigos, com o trabalho e com a família.

Viva a mulher!
Salve, salve a todas vocês mulheres que constituem a parte mais bela do mundo.

Tô Sabendo E Vou Falar!
Aaron Fênix

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!