Fato Real
Você Repórter

Minha participação no Campeonato Mundial de Corridas em Montanha 2019

As largadas são sempre um momento singular

Nossa como o tempo parece estar passando rápido. Há menos de três semanas eu estava na expectativa de disputar mais um mundial… Uma importante participação, um resultado bom, assim posso classificar minha participação no Campeonato Mundial de Corridas em Montanha 2019 que aconteceu dia 08 de junho em Coimbra (Portugal).

Foram muitos meses de preparação para seletiva. Depois da vaga conquistada os treinamentos seguiram em uma crescente que me deixaram cheio de esperanças para uma boa performance e isso aconteceu.

Ao todo este ano tivemos 53 nações e 450 atletas entre homens e mulheres. A disputa compreendia um circuito de 44 km com 2100 metros de desnível positivo.  Era um sobe e desce interminável, pois as subidas estavam bem distribuídas pelo trajeto.

Pra mim graças a Deus correu tudo bem. Uma viagem tranquila, um importante intercâmbio internacional, uma semana 100% dedicada ao esporte. Pude aprender e compartilhar ensinamentos com os outros 11 atletas brasileiros e no final uma prova perfeita onde consegui entregar toda a preparação que havia feito. Terminei esgotado, não tinha mais energia… No final um 94º lugar no geral. Parece pouco, mas foi muito difícil estar nesta posição. Mundiais são diferentes, atletas do mais alto nível. Cada nação manda o que tem de melhor para brigar pelas primeiras posições. Nesta edição quem fez a festa foi a França que venceu por equipes no masculino no feminino e também venceu no individual feminino. Para o Brasil um 14º no masculino e um 17º no feminino na disputa de equipes. Voltamos para casa feliz, pois a diferença de tempo acumulado para as primeiras nações segue diminuindo.

Brasileiros viajaram 200 km para assistir o mundial

Após descansar alguns dias chegou o momento de ajustar as velas e seguir forte para a próxima fase da temporada. Se no primeiro semestre eu tinha como meta principal a prova seletiva para o mundial e também o mundial propriamente dito, no segundo semestre meus principais objetivos serão a Maratona Internacional de Florianópolis, dia 25 de agosto e a Ultra Trail Chapada Diamantina que acontece em Mucugê, interior da Bahia. Em Floripa eu quero bater meu recorde pessoal na maratona de rua. Na verdade quero fazer um tempo inferior a duas horas e meia, nem que seja por um segundo, mas eu irei bater esta meta. Já na ultra de montanha meu objetivo é chegar ao bi campeonato já que venci esta prova em 2017.Para o segundo semestre pretendo também diversificar as modalidades em disputa. Farei algumas provas de duathlon e mountain bike. Falando em bike neste próximo final de semana estarei em Ouro Preto disputando a Copa Internacional de Mountain Bike.

Aproveito a oportunidade para agradecer meus patrocinadores o Clube Recreativo Dom Pedro II, Kailash, Cia da Saúde Conselheiro Lafaiete e aos apoios do Espaço Life, Gravetos Gipron, Clínica Júlio Borba Fisioterapia, 4X Assessoria Esportiva, Confederação Brasileira de Atletismo, Trifosfato, aos familiares e amigos que sempre me impulsionam, além é claro , da mídia local e regional pela divulgação de meus resultados

Poucas vezes na vida eu pude passar uma semana inteira vivendo apenas de coisas relacionadas com esporte. Tenho muito a agradecer por esses momentos.

Ernani de Souza
Atleta  lafaietense

Se você quer ver sua reclamação, foto, denúncia ou elogio no Fato Real; se quer enviar uma pauta ou sugestão de reportagem, envie seu email para [email protected]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!