Fato Real
Você Repórter

Dia Mundial do Meio Ambiente: tempo de celebrar e refletir

O Brasil é um dos principais países nas pautas internacionais que discorrem sobre a preservação do meio ambiente. Rico em biodiversidade, nosso território abriga a maior extensão de floresta tropical do mundo e 12% das reservas de água doce. Mas a cada ano, a situação se torna mais crítica. Centenas de espécies de animais e vegetais já entraram em extinção, os rios estão secando, os índices de chuvas estão desequilibrados e a sensação térmica aumenta a cada ano.

O ar das metrópoles está poluído, o que ocasiona o crescimento das doenças pulmonares e respiratórias da população. A falta de um bioma equilibrado não afeta isoladamente as florestas, mas sim a vida nas cidades. É hora de repensar o que foi destruído e vislumbrar um futuro mais sustentável. E é isto que o dia de hoje propõe: o debate e a reflexão.

O 5 de junho, dia Dia Mundial do Meio Ambiente, foi institucionalizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972. Osvaldo Lopes (PSD), deputado estadual, vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, ambientalista, vegetariano e ativista da causa animal, acredita que a data é fundamental para impulsionar as pessoas a serem ecologicamente conscientes: “em um Brasil calcado no agronegócio, as brechas para se explorar e degradar a natureza vão se abrindo cada vez mais. É por acreditar que os passos tomados pela sociedade tem representado um retrocesso e por defender fundamentalmente a vida em minha atuação parlamentar é que sou absolutamente a favor da preservação da natureza”.

No Dia Mundial do Meio Ambiente, Osvaldo reforça a ideia de que devemos cuidar do nosso, até então, único lar. “A mudança deve acontecer em escala mundial e, para isso, representantes públicos de várias esferas precisam assumir uma postura de equilíbrio entre desenvolvimento econômico e a preservação ambiental. Mas é imprescindível também que cada cidadão faça a sua parte. Separar e descartar nosso lixo de maneira correta e evitar o uso exacerbado de plásticos, já contribuiu muito. É importante também que criemos o hábito de estar atentos às leis ambientais e que reivindiquemos o cumprimento dessas. A Terra é responsabilidade de todos. Vamos abraça-la”.

Assessoria de Imprensa
Deputado Estadual Osvaldo Lopes 

Se você quer ver sua reclamação, foto, denúncia ou elogio no Fato Real; se quer enviar uma pauta ou sugestão de reportagem, envie seu email para [email protected]

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!