Fato Real
Política Regional

Prefeitos e vereadores da região se unem em defesa da BR-040

Prefeitos, vereadores, autoridades do setor de transportes e representantes do Ministério Público participaram, na noite desta quarta-feira (27/11), no Plenário da Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete, de encontro regional em defesa da BR-040. Compareceram à reunião os prefeitos de Lafaiete, Casa Grande, Cristiano Otoni, Ewbank da Câmara, Moeda e Santos Dumont, além dos vice-prefeitos de Carandaí e Ouro Branco e presidentes de diversas câmaras municipais. Também participaram representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT),  Polícia Rodoviária Federal, Sociedade Regional de Engenheiros e Arquitetos da Região do Alto Paraopeba (SOREAR).

O objetivo foi reunir propostas que serão apresentadas dentro da relicitação que definirá a futura empresa que assumirá a administração da malha rodoviária entre Juiz de Fora e Brasília em substituição à Via 040, atual concessionária.

Pedro Muglia, representante da ANTT, apontou as responsabilidades da ANTT em relação à rodovia BR 040, mas disse que a elaboração do edital da licitação não é de responsabilidade da Agência. Ele reconheceu a importância da mobilização dos municípios para que a próxima licitação atenda aos anseios da região, e disse ser fundamental a participação nas audiências públicas que deverão ser realizadas.

Pedágio, duplicação e meio ambiente

Uma das principais reivindicações é a retomada das obras de duplicação da pista pelo ponto mais crítico, o trecho entre Belo Horizonte e Conselheiro Lafaiete.

Durante a reunião desta quarta-feira, o representante do Ministério Público, Glauco Peregrino, disse que uma das questões fundamentais a serem tratadas no novo edital é o estabelecimento de critérios para a cobrança de pedágio. O promotor entende que, neste ponto, o edital deve ser impositivo e priorizar a duplicação da rodovia no trecho com maior ocorrência de acidentes. Glauco Peregrino alertou, ainda, que será necessário acompanhar atentamente o licenciamento ambiental. De acordo com o representante do Ministério Público, ao longo da BR entre Lafaiete e Belo Horizonte, existem unidades de conservação que terão de ser observados no licenciamento, cujo processo correrá separadamente da relicitação. Sobre o contorno rodoviário de Lafaiete, Glauco Peregrino defendeu a construção na variante leste da cidade.

Foram discutidos, ainda, problemas como a localização das praças de pedágio e o tráfego de carretas de grande porte entre Conselheiro Lafaiete e Belo Horizonte.

Lafaiete

Na manhã desta quinta-feira, ao participar de programa institucional do Município apresentado pela rádio Carijós, o prefeito Mário Marcus repercutiu os principais assuntos abordados no encontro e a expectativa gerada por esta união de autoridades em defesa de melhorias para a 040: “Conselheiro Lafaiete se situa no trecho da rodovia onde acontece o maior índice de acidentes e é aqui que os investimentos precisam começar a acontecer.  Prefeitos, vereadores e autoridades de diversas cidades estiveram reunidos conosco e puderam ouvir uma excelente palestra em que o senhor Crispim Ribeiro, presidente da SOREAR (Sociedade Regional de Engenheiros e Arquitetos do Alto Paraopeba), mostrou os procedimentos que os municípios têm de adotar, levantando as obras necessárias no contexto de cada cidade, para que as demandas sejam encaminhadas à Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) a fim de que as demandas sejam contempladas no novo processo de licitação”.

Leia tambémANTT aprova pedido de relicitação do trecho da BR-040 concedido à Via 040

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!