Fato Real
Regional

Congonhas vai usar drone na fiscalização e monitoramento ambiental

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura de Congonhas utilizará uma moderna tecnologia para os trabalhos de monitoramento, fiscalização e vistoria ambiental. A equipe está recebendo treinamento para usar em seus trabalhos de campo um veículo aéreo não tripulado (VANT), mais conhecido como drone.

O mapeamento e reconhecimento aéreo com drones têm a vantagem de ser mais rápido, barato e preciso, se comparado com outros métodos, produzindo imagens e vídeos em alta resolução que irão instruir os procedimentos ambientais.

Os drones têm se revelado ferramentas de trabalho extremamente versáteis para as questões ambientais. Eles podem ser aliados tanto na fiscalização quanto no monitoramento, no licenciamento e no controle ambiental. A grande vantagem dos VANTs é que eles são capazes de monitorar regiões perigosas ou de difícil acesso em pouco tempo, sem que os agentes e fiscais ambientais fiquem expostos aos riscos dos trabalhos em campo.

De modo geral, o drone é uma tecnologia que fornece imagens de alta resolução, em tempo real e de baixo custo, com possibilidade de monitorar espécies animais, florestais, realizar mapeamento do solo, fiscalizar empresas, acompanhar barragens visualmente e identificar crimes ambientais mais distantes, como o desmatamento e a queimada.

O equipamento que será utilizado pela SEMMA é um moderno Phantom4Advanced, recomendado para uso profissional. Com monitor de 9.7” da Apple, ele pode chegar a  até a velocidade de 72 km/h e voar por cerca de 27 minutos, sem troca de bateria. Além da câmera de vídeo, o Phantom tem câmeras estereográficas que o permitem “enxergar” as pessoas ao redor. O equipamento alcança até 5.000 pés de altura – cerca de 1,5 km – e é capaz de ir a distância de até 5 km do condutor. As imagem capturadas são transmitidas em tempo real, ficando tudo gravado no cartão de memória, acoplado inserido na câmera de imagens e no monitor, gravando vídeos em 4K, Full HD ou slowmotion (câmera lenta), além de fazer fotos. O drone tem estabilização por meio de campo eletromagnético que é capaz de se manter equilibrado, mesmo com ventos mais fortes, de até 30 km/h.

O drone foi adquirido por meio de conversão de multa em favor da instrumentalização do órgão ambiental.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!