Fato Real
Regional

Carnaval em Congonhas anima foliões de todas as idades

Público na segunda noite do Carnafolia

Uma programação carnavalesca para todas as idades e gostos tomou conta de Congonhas no segundo dia de Carnafolia 2019. Neste sábado, 2, os palcos Marechal e Quarteirão do Samba atraíram pequenos e grandes foliões, com apresentações que incluíram o universo infantil, o axé da década de 90, o pagode e o samba. As ruas estavam cobertas por confetes e serpentinas, e os congonhenses entraram no clima, demonstrando criatividade nas fantasias. A festa continua! Confira a programação aqui.

Baixinhos se divertiram com programação especial para eles

Dando início à folia, o MPBaixinhos fez uma verdadeira viagem no tempo no Quarteirão do Samba e contagiou não só as crianças, mas também os adultos. Passando pelas décadas de 70, 80 e 90, o grupo tocou músicas que marcaram – e ainda marcam – gerações, como Lua de Cristal, Escravos de Jó e Superfantástico.

Também passaram pelo tradicional palco o sambista Pirulito da Vila o grupo Cadência do Samba, que fizeram a galera sambar ao som de grandes nomes da música brasileira, como Zeca Pagodinho, Beth Carvalho e Raça Negra. O Samba de Casa fez uma bela homenagem à Brumadinho, ao som de “Construção”, de Chico Buarque. A banda encerrou a noite com um repertório recheado de sucessos de Seu Jorge, Demônios da Garoa, Tribalistas, entre outros.

Já no Palco Marechal, a festa começou antes do raiar do dia, com o desfile do bloco Romper do Alvorada. Quem também desfilou pela avenida foi o Iluminados da Fonte.

Tragédia de Brumadinho foi lembrada no palco do Carnaval

A programação musical ficou por conta das bandas Baianeiros e Quando Come se Lambuza, que abrilhantaram o Carnafolia trazendo um pouco do carnaval belo-horizontino. O DJ Reinaldo também animou os foliões.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!