Fato Real
Destaque Política

Prefeito suspende contrato com empresa e abre sindicância sobre pagamento de propina

Em nota de esclarecimento publicada no site oficial do município, o prefeito de Congonhas, José de Freitas Cordeiro, informa que em razão das denúncias envolvendo uma empresa de prestação de serviços e servidores municipais, abriu, imediatamente, processo de sindicância para apurar os fatos.

Já o contrato com a empresa foi suspenso. Segundo a nota, o Ministério Público também foi oficializado destas providências.

A Prefeitura esclarece ainda à população que todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a apuração dos fatos.

O fato

A denúncia envolveria servidores do setor de transporte da prefeitura de Congonhas, diante da suspeita de cobrança de propina de uma  empresa de transporte, prestadora de serviços ao município através de aluguel de caminhões e máquinas.

Nesta semana um áudio com teor comprometedor vazou nas redes sociais onde uma conversa entre duas pessoas deixa subtendido que estaria havendo pagamento de propina para alguns e um dos homens reclama de não estar recebendo a sua parte. No áudio são citados os nomes “Cacá, Chico e Teixeira”.

Em determinado momento, um dos homens diz que deixará de fazer “vistas grossas” para situações como caminhão com problemas rodando e máquinas recebendo sem trabalhar.

A conversa encerra com um dos homens dizendo que agora o jogo virou e o pagamento seria feito diretamente entre os dois, sem intermediários.

Segundo informações de moradores de Congonhas o episódio envolveria o Chefe de Setor de Transporte da prefeitura e a empresa JR Transportes.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!