Fato Real
Política

Lafaiete terá oficialmente Semana Municipal da Fibromialgia

Vereadora Carla Sássi e integrantes do grupo Mulheres de Fibra

Um dos primeiros projetos de lei em discussão na Câmara de Conselheiro Lafaiete em 2020 é de autoria da vereadora Carla Sássi (PSB) e institui, no Município, a “Semana da Fibromialgia”. A conscientização sobre a doença e seus efeitos físicos, emocionais e psicológicos vem ganhando força desde o ano passado, quando um movimento nascido em Lafaiete lançou nas redes sociais o grupo “Mulheres de Fibra”, cujo objetivo principal é acabar com o preconceito existente sobre a fibromialgia levar informação e apoio Às portadoras da doença. Trata-se de um mal que acomete principalmente as mulheres a partir dos 30 anos, caracterizado por fadiga muscular e dor intensa que se espalha por todo o corpo, sem, contudo, provocar sinais visíveis.

Ao justificar a apresentação do projeto, a própria autora reconheceu que também tinha poucas informações sobre a doença até conhecer a iniciativa do grupo “Mulheres de Fibra” e o esforço empreendido por suas idealizadoras para explicar o que é a fibromialgia, quais são os sintomas característicos e a luta empreendida em defesa dos direitos de quem enfrenta o problema: “O que me chamou a atenção foi a falta de conhecimento, inclusive por pessoas da área médica. Existe até um certo preconceito em torno da doença, muito por as pessoas não terem as informações corretas e não conviverem com quem tenha fibromialgia. Nossa intenção é colocar este assunto no calendário municipal e conquistar mais avanços do que os que já estão acontecendo. Até pouco tempo , mal se ouvia falar do assunto; hoje, com o crescimento do grupo ‘Mulheres de Fibra’, quanta gente que não se sentia abraçada, nem mesmo em casa, pelos próprios familiares, encontrou o conforto que procurava e o tema está sendo discutido aqui na Câmara”, avaliou Carla Sássi.

Portadoras de fibromialgia e apoiadoras do grupo acompanharam a votação

De acordo com a vereadora, o projeto prevê a implementação pelo Município de simples ações de conscientização, orientação aos profissionais de saúde e ao público em geral através dos meios de comunicação. O projeto, aprovado por unanimidade, deve ir em breve à segunda discussão e votação antes de ser encaminhado à sanção do prefeito Mário Marcus.

O projeto está na pauta da sessão desta quinta-feira 06/02 para 2ª discussão e votação e deverá ser aprovado por unanimidade.

Leia também:  Mulheres de fibra criam em Lafaiete grupo de informação sobre fibromialgia

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!