Fato Real
Política

Audiência Pública discute enfrentamento ao consumo de drogas em Lafaiete

Autoridades discutiram sobre o enfrentamento às drogas

A Câmara de Vereadores de Conselheiro Lafaiete realizou nesta segunda-feira (08/07), Audiência Pública que discutiu o combate e a prevenção ao consumo de drogas no município. Apenas cinco dos 13 componentes da atual Legislatura compareceram ao encontro, entre os quais o presidente da casa e autor do requerimento de convocação da audiência, Fernando Bandeira (PTB). Foram convidados, entre outros, o capitão Saulo Henrique de Paula, comandante da 65ª Companhia do 31º  Batalhão da Polícia Militar, e o sargento Gomes, responsável pelas palestras de conscientização do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas), bem-sucedida iniciativa voltada para estudantes do ensino fundamental.

Comandante aponta PROERD como alternativa preventiva

O vereador Fernando Bandeira justificou a necessidade de realização da Audiência Pública pelo aumento do número de usuários de drogas na cidade, o que ressalta a necessidade de se debater formas de intensificar o combate ao tráfico e prevenção ao uso de entorpecentes. Bandeira salientou a relevância da parceria estabelecida entre a Secretaria de Educação e a Polícia Militar, que possibilitou a realização de palestras educativas nas escolas da rede municipal durante a “Semana de Prevenção ao Uso de Drogas”. Por sua vez, o Capitão PM Saulo Henrique observou que um dos principais trabalhos desenvolvidos pela Polícia Militar na prevenção ao consumo de drogas é realizado pelo PROERD. Ele frisou que a corporação não se restringe a ações repressivas, lidando com a questão também pelo viés social.

Lidando diretamente, como professor, com o cotidiano dos jovens e adolescentes, o vereador Oswaldo Barbosa (Progressistas) afirmou que a Câmara está em sintonia com a rede municipal de ensino, tendo aprovado diversas leis que dizem respeito ao fortalecimento do elo entre família e escola. Professor Oswaldo salientou que a prevenção ao consumo de drogas passa por investimentos no incentivo à prática de esportes, definida pelo vereador como eficiente ferramenta de inclusão de crianças e adolescentes.

Quando a palavra foi franqueada ao público presente, Regina Aparecida Severino alertou que é preciso reforçar a fiscalização sobre clínicas de reabilitação que vêm se instalando em Lafaiete e que, de acordo com suas palavras, não são instituições sérias e têm se revelado oportunistas. Por outro lado, Maria Célia Rabelo destacou os 20 anos de atividades da Comunidade Terapêutica Bom Pastor, que atua no acolhimento a dependentes químicos.

Durante a Audiência Pública, foi feita a entrega aos estudantes Sara Fernandes, Everton Matheos Nunes Vieira e Sara André Resende das medalhas de bronze, prata e ouro, respectivamente, do concurso de redação promovido pela Secretaria Municipal de Educação, que teve a prevenção ao consumo de drogas como tema.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!