Fato Real
Polícia

Polícia investiga causa de morte de menina de seis anos

As circunstâncias da morte de uma criança de seis anos de idade no bairro Nova Cidade, em Barbacena, serão oportunamente esclarecidas por investigações que já estão em curso. A informação foi confirmada pelo chefe do 13º Departamento da Polícia Civil, Carlos Capistrano, diante da torrente de informações desencontradas que começaram a surgir em torno do caso.

Por volta de quatro horas da madrugada deste domingo (11/08), uma viatura do Serviço de Assistência Móvel de Urgência compareceu à residência da família da pequena N. R. S. D. A menina foi encontrada já sem vida e apresentando marcas pelo corpo. Conforme o médico da Polícia Civil responsável pelo exame de necropsia, realizado juntamente com os demais procedimentos de perícia criminal, foram detectados lesões e hematomas superficiais que não teriam sido a causa da morte da criança. Foi colhido material biológico e encaminhado para análises no Instituto de Criminalística de Belo Horizonte.

Os pais disseram que a criança havia passado mal durante a semana e chegou a ser levada ao hospital, mas voltou para casa depois de medicada, embora continuasse muito debilitada. Eles negaram que a filha tenha sofrido qualquer tipo de violência e atribuíram o aparecimento dos hematomas a uma possível reação alérgica à ação dos medicamentos.

Segundo o delegado Carlos Capistrano em vídeo enviado à imprensa, somente o resultado de exames mais detalhados a cargo de especialistas da capital mineira poderão determinar a causa da morte de N. R. S. D.

O delegado (foto) disse que nenhuma hipótese está descartada: “Estamos trabalhando com algumas linhas de investigação. A partir do momento que tivermos em mãos os laudos da perícia e do médico legista, bem como o resultado dos trabalhos de oitiva dos familiares, vizinhos e dos pais da menina, poderemos chegar à realidade dos fatos”, afirmou o chefe do 13º  Departamento de Polícia Civil.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!