Fato Real
Lafaiete

Programação do FACE segue nesta sexta-feira

Na noite passada, já na entrada do Clube Carijós, que se transformou nestes dias em espaço para apresentações do FACE o público sentia no ar o clima que dominou os anos 60; época de novas tribos, dos cabeludos, que influenciaram várias gerações. “Hair” é contextual, de protesto, é alegria, é música. É paz e amor! O Hair apresentado pela Cia. Terceiro Sinal, da cidade de Congonhas trouxe tudo isso para o Festival de Artes Cênicas de Lafaiete. Apesar de uma interferência técnica no som que persistiu durante todo o espetáculo, os atores brilharam. O Espetáculo todo tocado e cantado ao vivo foi contagiante e forte concorrente ao prêmio de melhor trilha sonora.  O final deixou a platéia cantando a liberdade, o sol e a Era de Aquário.

Quem não conhecia a cidade de São João Nepomuceno, ficou conhecendo ontem assistindo “Um conto Sãojoanense, de cabo a rabo” da Cia Pais e Filhos. Com propriedade de conterrâneos que são,  os artistas com muito bom humor e leveza falaram dos causos, rivalidades e personagens que existem na cidade.  Com o jeitinho mineiro ainda lidaram com interferência de personagens da vida real lafaietense que insistiam em fazer parte daquele mundo mágico teatral.

Os personagens mais famosos de Machado de Assis ganharam vida com um jovem elenco de Guaxupé (MG). No palco do Teatro Municipal desfilaram Capitus, Bentinhos e Escobares no espetáculo “Olhos de Cigana. Oblíqua e Dissimulada”. Foi mostrado que o tema central do livro Dom Casmurro, publicado em 1899 sobre culpa ou inocência de Capitu permanece atual.  Atores do Grupo Dona Rosa fizeram um final forte, de protesto e muito real sobre o atual cenário brasileiro, num discurso em que mulheres vítimas de preconceito, abusos, agressões e outros crimes foram lembradas enquanto a plateia era induzida a refletir sobre o tema e aplaudia de pé.

Programação desta sexta-feira

Ingressos

Os ingressos podem ser adquiridos nos locais de cada espetáculo pelo valor de R$ 5,00 ou antecipadamente no Museu Antônio Perdigão. Outra opção é a aquisição do abadá por R$ 20,00, que dá acesso livre a todas as apresentações da programação do FACE 2019.

A programação impressa está disponível na Casa do Teatro, no Museu Antônio Perdigão e no Solar Barão de Suaçuí.

Clique aqui e veja nossa galeria de fotos do FACE

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!