Fato Real
Lafaiete

Ponto de Cultura AMAR abre hoje exposição em Lafaiete

Na primeira semana de dezembro, na Casa do Artesanato João Salgado, o Ponto de Cultura AMAR realizará uma nova exposição: “De Queluz (das violas, das flores e dos livros) a Lafaiete (do artesanato, das artes e dos festivais)”. Trata-se de uma mostra de encerramento da quarta turma de bordado livre, curso livre implantado na AMAR em 2018.

O diferencial do trabalho exposto pela AMAR é seu tema: o patrimônio cultural material e imaterial do município. Assim, através de desenhos coloridos e ingênuos (ou “naïfs”), as bordadeiras criaram cenas que retratam edificações históricas, praças, festividades e um cotidiano simples e poético. Um exemplo é a almofada ‘Viva São Pedro’, bordada por Dona Maria Augusta, 86 anos, professora do curso na AMAR (foto). Seu desenho mostra uma festa junina junto à capelinha de São Pedro, no bairro Albinópolis. Em 2007 e 2017, este local recebeu mosaicos do Projeto Gentileza, da AMAR, tornando-se patrimônio cultural e atrativo turístico da comunidade e de Lafaiete.

As atividades deste ano fazem parte do projeto “AMAR em Movimento”, fruto de um termo de fomento assinado com a Secretaria Municipal de Cultura. A mostra na Casa do Artesanato tem três objetivos: lançar uma série de bordados sobre a riqueza cultural da cidade, celebrar a conquista do Prêmio Nacional Culturas Populares pelo Ponto de Cultura AMAR – noticiada há poucos dias -, e encerrar as comemorações dos 20 anos desta associação.

Serviço

Mostra “De Queluz (das violas, das flores e dos livros) a Lafaiete (do artesanato, das artes e dos festivais).
Local: Casa do Artesanato João Salgado, Praça Tiradentes, 89, centro, Lafaiete .
Período:  2 a 6 de dezembro (2ª a 6ª-feira), das 13 às 17 horas e no dia 8 (domingo), das 9 às 17 horas.
Entrada franca.
Facebook e Instagram: Ponto de Cultura AMAR

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!