Fato Real
Destaque Lafaiete

Matriz de Lafaiete inicia ensaios da encenação da Paixão de Cristo

Encenação é um espetáculo de fé e arte/Foto/Mauro Dutra

O figurado bíblico da Matriz Nossa Senhora da Conceição, de Conselheiro Lafaiete e o Grupo de Teatro Imaculada Conceição (GRUTIC) da Fundação Queluz de Minas iniciam neste sábado, 15/02, os ensaios visando à realização da encenação da Paixão de Cristo durante a Semana Santa. Este ano os ensaios serão realizados na área externa do Solar do Barão do Suaçuí (antigo Castelinho) que foi disponibilizado pela Secretaria Municipal de Cultura.  O ensaio está marcado para às 17h30 deste sábado.

José Carlos e o ator Douglas Luciano

O coordenador da encenação, o jornalista José Carlos Vieira explicou que durante os ensaios estarão sendo feitas as inscrições para os interessados em participar do figurado bíblico que além da encenação da Paixão de Cristo também fará parte das procissões na Semana Santa.  Segundo ele, não é necessário ter experiência teatral para participar da encenação e não será cobrada nenhuma taxa. Porém, a participação nos ensaios é obrigatória para que haja a capacitação necessária para tomar parte da representação bíblica que acontecerá no dia 10 de abril, Sexta-feira da Paixão.

Ao todo a encenação da Paixão de Cristo deverá mobilizar cerca de 150 pessoas entre atores, figurantes e equipe de apoio.

Apoio

Grupo busca patrocínio para custeio do figurado

Para que a encenação da Paixão de Cristo seja realizada a coordenação está à procura de parceiros que queiram colaborar com o projeto. Segundo José Carlos a organização espera contar com apoio do comércio local para possibilitar aquisição de novos figurinos e adereços para a montagem da encenação que atrai multidões de expectadores locais e visitantes de outras cidades.

“Hoje a encenação da Paixão de Cristo contribui para o fomento no comércio e do turismo da cidade. Sabemos que o país passa por um momento de crise, mas espero contar com a generosidade dos empresários de Lafaiete para que o nosso trabalho continue ganhando espaço na região e no interior de Minas. É um trabalho feito com muita dedicação pela comunidade e sempre buscamos melhorar cada vez mais a apresentação”, disse o coordenador.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!