Fato Real
Lafaiete

Igrejas evangélicas voltam a realizar cultos neste domingo em Lafaiete

Igrejas católicas e templos evangélicos de Conselheiro Lafaiete poderão reabrir as portas para receber os fiéis a partir deste sábado (11/07). A partir de agora, as celebrações estarão inseridas no chamado “novo normal” e terão presença de público restrita.

Como as reuniões foram limitadas ao máximo de 30 pessoas, líderes evangélicos consultados pelo Fato Real optaram por reduzir a duração e ampliar o número celebrações. Na Igreja do Evangelho Quadrangular, por exemplo, cada cerimônia vai durar meia hora em média e os 30 minutos restantes serão destinados à higienização da parte interna do templo.

Os fiéis, que só serão admitidos se estiverem usando máscara, serão recebidos na porta com álcool em gel para higienizar as mãos e terão a temperatura corporal medida com termômetro digital. Senhas estão sendo distribuídas antecipadamente até este sábado, no período das 8h às 17h, informando o horário do culto a ser assistido.

O mesmo procedimento se repetirá ao longo da próxima semana para a realização dos cultos do domingo seguinte. Enquanto persistir a pandemia de Covid-19, as igrejas evangélicas não permitirão a presença de idosos, crianças e pessoas inseridas nos grupos de risco de contágio pelo novo coronavírus.

Celebrações deverão respeitar distanciamento social

Um dos que mais batalharam pelo retorno das celebrações nos templos de Lafaiete foi o vereador e pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular, André Luiz de Menezes. Em entrevista ao Portal Fato Real, ele saudou a volta dos cultos, mesmo com as restrições provocadas pela pandemia: “É uma vitória para a Igreja, já que estávamos há quase quatro meses sem presença de pública. Foi um período difícil porque as pessoas não entendiam e, sob o ponto de vista da fé, achavam absurdo não ter o direito de cultuar a Deus. Estamos felizes pela atitude do prefeito de ter liberado os encontros religiosos. Sei que poderá haver críticas, mas só virá aos cultos quem quiser e se sentir seguro. Os demais podem continuar em casa e acompanhando pelas redes sociais. De nossa parte, temos certeza de que a comunidade evangélica agirá com total responsabilidade e respeito absoluto aos protocolos sanitários”, assegurou o pastor André Menezes.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!