Fato Real
Lafaiete

Hospital de campanha já recebe pacientes e casos da região podem causar colapso em Lafaiete

Apesar do aumento significativo de casos, que saltaram de 20 para  41 em uma semana, a situação da Covid-19 em Conselheiro Lafaiete continua sob controle e nenhuma pessoa residente na cidade precisou, até o momento,  utilizar a estrutura criada para atender a pacientes infectados pelo novo coronavírus. A avaliação foi feita pelo prefeito Mário Marcus ao participar, na manhã desta quinta-feira (04/06), de programa institucional do Município levado ao ar pela rádio Carijós.

Empresas

O prefeito atribuiu o aumento de casos nos últimos dias à testagem em massa de trabalhadores feita por empresas da região, que revelou a existência de colaboradores contaminados. Os funcionários que testaram positivo foram imediatamente afastados e estão cumprindo quarentena, sendo que nenhum  sofreu agravamento do quadro de saúde até agora.

Hospital de campanha

Hospital de campanha recebe pacientes da região/foto/Fernando Baêta

 

Mário Marcus afirmou que a principal preocupação no momento é com a situação em municípios que compõem a Macrorregião Centro-Sul de Saúde após à confirmação do terceiro óbito na cidade de Piranga.

Como cidade-polo de uma das microrregiões que integram a Macro Centro-sul, ele disse que a rede de saúde de Lafaiete está estruturada para atender aos pacientes que vierem das cidades vizinhas. No programa confirmou que sete pacientes transferidos de municípios da região se encontram em tratamento no hospital de campanha, que entrou efetivamente em funcionamento esta semana. Há informação de que um paciente está entubado.

O chefe do Executivo disse que se encontra em fase adiantada a instalação de mais 17 leitos específicos para pacientes de Covid-19 no Hospital e Maternidade São José, resultado de parceria firmada entre o Município e a administração daquela instituição. Desta forma, será contemplada a demanda estipulada pelo governo estadual, que prevê a abertura de 69 leitos clínicos e 28 de UTI.

Ainda assim, o prefeito frisou que não é hora de relaxar os cuidados com a saúde: “Estamos acompanhando o agravamento da situação na região, com o surgimento de casos e até a ocorrência de óbitos em cidades de menor porte. É preciso que os prefeitos transmitam orientações aos moradores, por meio dos órgãos de saúde, para que adotem medidas de segurança, usem máscaras se precisarem sair de casa e evitem aglomerações. Tudo isso pra que a gente não sobrecarregue a estrutura hospitalar de Conselheiro Lafaiete, bem como da Macrorregional Centro-sul. É preciso um trabalho conjunto para que possamos continuar mantendo leitos disponíveis para o atendimento àqueles que necessitarem”.

Citando particularmente o caso de Piranga, Mário Marcus informou que oito idosos contaminados na casa de repouso Lar São José foram encaminhados para Lafaiete nos últimos dias. O temor do prefeito é de que a onda de contágios naquela instituição aumente ainda mais, com potencial para saturar a rede hospitalar montada em Lafaiete para atender à região.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!