Fato Real
Destaque Lafaiete

Garotinho de 5 anos precisa de transplante de medula óssea. Seja doador!

Mais uma família de Conselheiro Lafaiete trava uma difícil luta contra o tempo e contra a burocracia dos órgãos governamentais do estado para salvar a vida de uma criança. Como aliados, os pais do pequeno João Marcos contam apenas com o altruísmo e a solidariedade dos mineiros e dos lafaietenses em particular.

João Marcos Valle da Cruz é um menino feliz de cinco anos de idade que, há dois, trava uma batalha sem trégua contra um tipo agressivo de leucemia. A doença foi diagnosticada no final de 2016 e, desde então, a vida de João Marcos tem se resumido a longas internações no Hospital Biocor, em Belo Horizonte, onde está sendo realizado o tratamento, inclusive a quimioterapia.

Neste começo de 2019, quando a família se preparava para festejar o quinto aniversário de João Marcos e a vitória contra o câncer, já que era sua última sessão de quimioterapia, a doença voltou a se manifestar. De acordo com Bianca Pimentel Valle , mãe do garotinho, quando a leucemia volta a situação se torna ainda mais preocupante, pois é tudo muito rápido.

Até aqui João Marcos foi um pequeno e incansável guerreiro que lutou com todas as forças para se defender da doença. Agora, porém, ele precisa de um exército de soldados aliados para vencer a batalha definitivamente. A única alternativa para que continue vivendo e renovando a cada dia a alegria dos familiares e amigos com este sorriso que nunca se apaga é submetendo-se a um transplante de medula óssea. Infelizmente não foi encontrado nenhum doador compatível entre os familiares e os pais partem agora para a busca de alguém que seja compatível com o filho.

Doação

A mãe de João Marcos explica que um fator extra que dificulta a captação de doadores é que o Hemominas ainda não se dispôs a enviar uma equipe a Lafaiete para organizar um mutirão para cadastro de doação de medula. O hemocentro também não atende aos sábados, o que facilitaria um pouco a mobilização.

Mas, os pais sabem que, para derrubar as barreiras burocráticas, mais forte é a disposição dos moradores de Lafaiete e região para fazer o bem. Que puder ser doador  deve ir à Fundação Hemominas em Belo Horizonte e cadastrar-se no banco de doadores de medula óssea. Se você for compatível com o menino ou com qualquer outro paciente que esteja na fila à espera de transplante, será imediatamente comunicado pela entidade. “O futuro do meu filho depende desta doação”, diz Bianca.

Saiba mais sobre a vida de João Marcos e a campanha seguindo o garotinho nas redes sociais @amigosdojoaomarcos ou pelo telefone (31) 9 9115- 2752.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!