Fato Real
Lafaiete

Criança realiza sonho de tomar café da manhã com Papai Noel

Se você ainda insiste na teoria de que Papai Noel não existe é porque não passou, no início desta semana, pela porta de uma certa residência do bairro de Lourdes, em Lafaiete. Foi lá que o bom velhinho se materializou ante os olhos curiosos do pequeno Raul, um garotinho de sete anos que viu o Papai Noel sair de sua imaginação e materializar-se.

É bom dizer que Papai Noel não desceu pela chaminé, nem chegou à casa de Raul como penetra; ele foi convidado pelo menino para um café da manhã. Raul escreveu uma carta ao Bom Velhinho dizendo que adoraria tomar café com ele. A mensagem do garoto foi levada pela mãe por um dos auxiliares de Noel, o jornalista José Carlos Vieira, que é tão próximo do mais famoso habitante do Polo Norte, que, todo ano, costuma tomar suas roupas e renas emprestadas para alegrar o Natal de crianças carentes em Lafaiete e região.

8f0ccfe8-856a-4ebb-ae59-2d0f4eff5512
Raul e Papai Noel tomaram café da manhã juntos

Na manhã da segunda-feira 17/12, após aceitar o convite,  Noel chegou à casa  do pequeno Raul quando ela ainda dormia tranquilamente, sem sequer imaginar a surpresa que o aguardava. À porta, o Noel jornalista foi atendido pela mãe do garoto, Jeane Cristina, já emocionada com a demonstração de afeto e antevendo a felicidade do filho. 

a685bb5b-b259-42a3-967e-817429c3c129
Raul foi acordado pelo Bom Velhinho

Logo que abriu os olhos, Raul não acreditou na figura que estava em seu quarto tocando o sininho para fazê-lo despertar; pensou que fosse o avô se passando pelo Bom Velhinho. Foi preciso esfregar os olhos e piscar três vezes até se convencer de que seu sonho havia se realizado e ele teria a companhia mais desejada por toda criança ao seu lado à mesa do café da manhã, exatamente como pediu na cartinha: “Quando Raul acordou, não entendeu o que estava acontecendo. Achou que ainda estivesse sonhando e ficou um pouco confuso; Mas depois entrou no clima, mostrou a cartinha escrita para o Papai Noel e me deu um abraço”, disse o jornalista José Carlos Vieira.

4e488831-d52c-45a3-8b6b-34749e1bc3b9
Mãe realizou o sonho do filho

Raul estuda na Escola Estadual General Oswaldo Pinto da Veiga, no bairro São Sebastião. Ele adora futebol e quer se matricular numa escolinha para aprimorar seu talento com a bola no pé: “Sou Papai Noel desde 2010 né… já vivi muitos momentos emocionantes; porém, sem dúvida, a visita ao Raul foi a que mais me marcou até agora. Um pedido simples e puro que veio do coração de uma criança reforçando ainda mais o espírito do Natal que é capaz de contagiar todas as pessoas. Valeu demais”, confessou José Carlos.

Agora, depois de ler esta reportagem, responda: você ainda tem motivo para achar que Papai Noel não existe? E o espírito de Natal, existe?

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!