Fato Real
Lafaiete

Comitê monitora enfrentamento ao novo coronavírus em Lafaiete

Diversas reuniões com participação de entidades estão ocorrendo para tomadas de decisões

Conselheiro Lafaiete montou um comitê de crise para acompanhar o período de quarentena e organizar as ações de enfrentamento ao novo coronavírus. Integrante do comitê, o presidente da Câmara de Vereadores, João Paulo Resende, explicou que o órgão, criado pelo prefeito Mário Marcus, é composto por representantes de diversas secretarias municipais, Poder Legislativo e do chamado terceiro setor.

Inicialmente, de acordo com o parlamentar, o foco do comitê é a preservação de vidas e a única maneira possível neste momento é diminuindo o fluxo de pessoas nas ruas.

Tão logo seja concluída a implantação das medidas emergenciais, o comitê passará a analisar iniciativas que aliviem as consequências econômicas do recolhimento total provocado pelo  COVID-19. João Paulo Resende adiantou que estará em estudo a prorrogação ou diminuição de tributos municipais. Porém, em razão da coincidência de estarmos em ano eleitoral, decisões que podem favorecer o contribuinte esbarram em barreiras impostas pela legislação que terão de ser  contornadas. Simultaneamente, o comitê tentará intermediar acordos sobre o aluguel de imóveis comerciais no centro de Lafaiete, cujo valor é altíssimo e com o qual os lojistas não terão como arcar enquanto persistir a crise do novo coronavírus.

Fique em casa

Por fim, João Paulo Resende reforçou a recomendação aos lafaietenses para que não saiam de casa, já que a rede municipal de saúde não teria estrutura para absorver os pacientes de uma epidemia: “Tivemos o primeiro encontro na última sexta-feira e creio que voltaremos a nos reunir diversas vezes esta semana. Esperamos que a epidemia não atinja Conselheiro Lafaiete tão drasticamente. Para que o número de casos não saia de controle, pedimos que todos evitem ao máximo sair de casa. Infelizmente, sabemos que a cidade, como o Brasil inteiro, hoje não tem condições de atender a todos se houver uma epidemia. Se tiver de sair de casa, que seja só pra fazer o essencial”, enfatizou o presidente da Câmara de Vereadores.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!